facebook
Loading
Jazz · sexta 20 de Abril de 2007
21h30 · Grande Auditório· Duração 1h30

Charles Lloyd Quartet


Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

Charles Lloyd nasceu em Memphis, Tennessee, em 1938. Ofereceram-lhe o seu primeiro saxofone quando tinha nove anos. Muito jovem tocou com George Coleman e acompanhou grandes nomes dos blues como B.B. King. Estudou na Universidade de Califórnia do Sul, em Los Angeles, ao mesmo tempo que tocava em bares e clubes com músicos como Ornette Coleman, Don Cherry, Charlie Haden, Eric Dolphy, entre outros.
Em 1960 passou a integrar o grupo de Chico Hamilton, de que foi director musical. As principais gravações da banda incluem temas e arranjos seus. Ainda no início dos anos 1960 foi para Nova Iorque onde tocou com Coltrane, Monk, Mingus ou Miles Davis. Em 1964 passou a fazer parte do sexteto de Cannonball Adderley. Ainda nesse ano assinou um contrato com a editora CBS, para quem gravou vários discos como líder.
No ano seguinte formou o seu quarteto com Keith Jarrett no piano, Jack DeJohnette na bateria e Cecil McBee no baixo. A banda teve um enorme sucesso. Uma das suas gravações, Forest Flower, foi o primeiro disco de jazz que vendeu um milhão de exemplares. Deu concertos por toda a Europa (também passou por Cascais), incluindo a URSS.
Em pleno sucesso da sua carreira, no início dos anos 1970, resolve, porém, dissolver o seu quarteto e retirar-se para Big Sur, uma pequena região da Califórnia, recolhida e de rara beleza, onde se refugiavam criadores como Jack Kerouac ou Henry Miller. No início dos anos 1980 resolveu lançar um jovem pianista francês, então com dezoito anos, que aparecera por Big Sur, Michel Petrucciani. Durante três anos gravou e fez digressões com o quarteto que incluía o pianista. E voltou de novo para o seu refúgio.
Só em 1986, depois de uma grave doença, Lloyd volta a dedicar-se à música. Desde 1990 que se ligou à editora ECM de Manfred Eicher, para quem já gravou doze álbuns. Para a revista Down Beat, em subtítulo a um texto sobre o músico saído em Julho de 2006, a carreira de Charles Lloyd tem sido uma viagem à descoberta do desconhecido na música.

“A Música é uma força que cura. Tem a capacidade de transcender barreiras, vai directa ao coração, pode falar à profundidade do espírito, onde as palavras não são necessárias. É uma das formas mais poderosas de comunicação e expressão da beleza”
charles lloyd
(na abertura do site www.charleslloyd.com)

Saxofone tenor e alto Charles Lloyd
Piano Jason Moran
Baixo Reuben Rogers
Bateria Eric Harland

 

Charles Lloyd was born in Memphis, Tennessee, in 1938, and received his first saxophone at nine years old. While still young he played with such greats as B.B. King, and at university he played in clubs and bars with other great musicians.
In 1960 he joined Chico Hamilton’s group.
During the ‘60s he played with Coltrane, Monk, Mingus and Davis, and in 1964 signed a deal with CBS to record with his own group. Forest Flower, recorded with Keith Jarrett, Jack DeJohnette and Cecil McBee, was the first jazz record to sell a million copies.
He dropped out of the music scene until returning in 1986, after a serious illness.
Since 1990 he has recorded 12 CDs on the ECM label – another step in his life of musical discovery.

© 2010 Culturgest