facebook
Loading
Exposição · DE 29 DE Setembro A 25 DE novEMBRO de 2007
Galeria 2

Jean-Luc Moulène
Opus (1995-2007) / Documents (1999-2007)

expo

Documents / Chef Paris, 11 Avril 1998

É PROFESSOR?
Faça o download da ficha pedagógica com as propostas de exploração pedagógica para esta exposição.

Informações
21 790 51 55
culturgest@cgd.pt

 

Conhecido sobretudo pelo seu trabalho em fotografia, Jean-Luc Moulène (Reims, 1955) tem situado a sua prática igualmente nos domínios da escultura e do desenho. O artista questiona a fotografia como meio de representação do real (na exposição estão representadas várias séries em que a questão do documento é problematizada), mas também se interessa pela presença plástica da imagem singular e o seu potencial significante. O seu trabalho fotográfico retoma os géneros clássicos (retrato, paisagem, natureza morta), incorpora a tradição da fotografia como “tableaux”, mas também outros usos da fotografia, inscritos na sua história (como o documental) ou nos usos que dela são feitos na sociedade contemporânea (por exemplo, no campo dos mass media).
Esta exposição apresenta de forma muito abrangente e sistemática o trabalho Jean-Luc Moulène desde o final da década de 1990 até hoje, pondo em diálogo e contraponto as séries fotográficas mais significativas que produziu neste período e um conjunto muito diversificado de esculturas.
Entre as exposições individuais de Jean-Luc Moulène nos últimos anos, contam-se as que realizou no CCA Kitakyushu (Japão, 2004), na Galérie Nationale Jeu de Paume (Paris, 2005) e no Musée du Louvre (Paris, 2005). Participou na Documenta X (Kassel, 1997) e na Bienal de São Paulo (2003). É representado pelas galerias Chantal Crousel (Paris), Greta Meert (Bruxelas), carlier|gerbauer (Berlim) e Thomas Dane (Londres).

Curadoria:
Miguel Wandschneider

Mainly known for his photography, Jean-Luc Moulène also produces sculptures and drawings. As this exhibition shows, he questions photography as a way of representing the real. His work includes standard portraits, landscapes and still life, but he also looks at how photography has been used in the past and present.
This exhibition covers his work from the end of the 1990s to today, contrasting his most significant series in this period with a diverse selection of sculptures.
In recent years, Moulène’s work has been exhibited at the CCA Kitakyushu (Japan, 2004), the Galérie Nationale Jeu de Paume (Paris, 2005) and the Louvre (Paris, 2005), and can be found at galleries in Paris, Brussels, Berlin and London.

© 2011 Culturgest