facebook
Loading
Jazz · Sábado 3 de Maio de 2008
21h30 · Pequeno Auditório· Duração 1h30

Sei Miguel
ciclo ISTO É JAZZ? Comissário: Pedro Costa


Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

Sei Miguel, que se considera um “simples jazzman” o que para si “nem sempre é fácil”, nasceu em 1961, em Paris. Entre a capital francesa e o Brasil passou a infância e grande parte da adolescência. Veio para Portugal no início dos anos de 1980 e liderou a sua primeira formação, os Moeda Noise, em 1984, já com Fala Mariam a seu lado.
Os anos de 1980 trouxeram-lhe reconhecimento e muito trabalho, gravações e actuações ao vivo. Edita na editora Ama Romanta os LP’s Breaker, Songs Against Love and Terrorism e The Blue Record. Enche o Ritz Club, é capa do Blitz e é nomeado para os “Setes de Outro”. Na década seguinte edita The Portuguese Man of War, Showtime e Token que lhe continuam a render os mais rasgados elogios.
Do estrangeiro vêm alguns convites para tocar e sobretudo reconhecimento. Participou como solista, a convite do compositor brasileiro Lívio Tragtenberg, no ballet-teatro Othello: Das ist die Nacht, produzido pela Theaterhaus Stuttgart em 1995, e em 1999 voltou ao Brasil, São Paulo, tocar a suite S. P. Blues and Peaceful Warning.
Em 2002, a editora Headlights acolhe o regresso pleno do trompetista ao underground lisboeta e lança Still Alive em Bairro Alto, em septeto e no ano seguinte é editado Ra Clock.
O mais recente trabalho de Sei Miguel, The Tones Gardens, com três peças (Gardens 1, 2 e 3), é editado em 2006 pela editora Creative Sources e recebe nota máxima no jornal Público.
Para este concerto, Sei Miguel vai apresentar o seu Quarteto habitual e alguns convidados que vão tocar, separadamente e em conjunto, algumas das suas peças.
O repertório é o que Miguel tem trabalhado nos últimos tempos com o seu Quarteto, e que nasceu de uma homenagem ao poeta, musicólogo e ensaísta brasileiro Mário de Andrade.
Sei Miguel é um músico e compositor de grande rigor e cujo credo no trabalho incessante e obsessivo da sua “working band” lhe tem valido os maiores elogios, mas também alguma incompreensão. O que parece no entanto incontestável é o seu lugar na história do jazz em Portugal, pela sua preserverança, pela sua visão, pelo seu valor enquanto trompetista e band leader.

 

Trompete Sei Miguel
Trombone Fala Mariam
Percussão César Burago
Baixo Pedro Lourenço
Convidados:
Saxofone Alípio C. Neto
Electrónica Rafael Toral
Viola Ernesto Rodrigues

 

Trumpeter Sei Miguel spent his early years in Paris and Brazil. He came to Portugal in the 1980s and led his first group in 1984.
The ‘80s were years of recognition, recording and live shows, and his albums included Songs Against Love and Terrorism and The Blue Record. His recordings in the ‘90s gained him further acclaim.
Recognition and invitations to play flooded in, including as soloist in the German ballet/stage play Othello: Das ist die Nacht.
He started recording again in 2002, and his latest album was released in 2006.
Tonight he will be with his quartet plus guests. His work has received great praise, though some fail to understand it. But his place in Portuguese jazz history is assured.

© 2010 Culturgest