facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Performance · Quinta 6 e Sexta 7 de Novembro de 2008
19h30 e 20h30 · Foyer do Pequeno Auditório · Duração aprox. 20 min · Duração 2h00

Síncope
De Inês Jacques e Edgar Santinhos. No âmbito do Festival Temps d’Images.


Fotografia: Edgar Santinhos © Zut!
* Levantamento de senha de acesso 30 minutos antes do início da sessão, no limite dos lugares disponíveis.
Máximo: 2 senhas por pessoa.)

"Lá estava ela no meio daquele espaço de silêncio esbatido, de abandono, composto por carcaças de automóveis empilhados que aguardam pela chegada do tempo para se transformarem em pó. A pele branca contrasta com o ocre do óxido de ferro, com o castanho escuro, com o negro da fuligem. O que a leva a estar ali? Memórias já sem dono, dispersas e fragmentadas, anacrónicas, depositadas nos restos de coisas que já foram coisas. Ela move-se entre a luz exterior de um sol alto e ofuscante e a penumbra dos interiores das viaturas sinistras. Porque está ela ali?"
Inês Jacques nasceu em Lisboa em 1978. Estudou Dança e Música em Portugal e na Holanda, licenciou-se em Dança – Ramo Espectáculo na Escola Superior de Dança, frequentou o Hot Clube de Portugal e tem frequentado vários workshops de composição e improvisação coreográfica e de performance e multimédia. Trabalha regularmente como intérprete com Tiago Guedes e destaca também o trabalho realizado com o colectivo IGLOO.
Criou Falling Up (Teatro Camões, 2007), Renée Adorée (Alkantara Festival / Teatro Maria Matos, 2006) e Good Girls (2004), todos com música ao vivo. Representou Portugal na III Bienal dos Jovens Criadores da CPLP. Em 2008 é convidada a representar Portugal no Festival Internacional de Dança em Macau.
Em 2006 criou com Eduardo Raon o projecto musical Ela não é francesa Ele não é espanhol, que se prepara para lançar o primeiro disco. Ocasionalmente colabora com artistas plásticos, com companhias de teatro e com músicos de renome.
O seu trabalho tem sido apresentado em Portugal, França, Eslovénia, Moçambique, Macau e na Federação Russa.
Em 2005 fundou a Zut!, produtora que promove os seus objectos artísticos.
Edgar Santinhos nasceu em 1978. Licenciado em Escultura pela FBAUL – Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e com formação complementar em Direcção de Actores, Introdução à Película, Captação de som para Cinema e Vídeo e Sistemas Interactivos na Restart – Escola de criatividade e novas tecnologias, divide as suas actividades em diversas áreas das artes visuais: instalação, instalação-vídeo, vídeo arte e vídeo. A sua filmografia inclui os trabalhos Wireframe Ballet, CitySkin, Untitled Sequence v.1.1, Of.Balance, Vago[a], Adriadne Remix e 1min.noise, com participação em vários festivais de cinema e vídeo (dos quais se destacam IndieLisboa – Festival de Cinema Independente, Festival de Curtas Metragens de Vila do Conde, OFFF – 5º Festival de Arte Digital e Música Electrónica, CCCB, Barcelona e 6th Young Guns Film Festival, Singapura).

Concepção e direcção artística Inês Jacques e Edgar Santinhos
Câmara Edgar Santinhos
Som Ricardo Ganhão
Interpretação Inês Jacques
Produção Zut!
Co-produção Dupla Cena / Festival Temps d’Images

"There she is in that abandoned place, with cars piled up waiting for time to turn them to dust. Her white skin contrasts with the ochre, brown and black. She moves between sunlight and the shadowy car interiors. Why is she there?"
Inês Jacques was born in Lisbon in 1978. She has a degree in dance, studied at the Hot Clube de Portugal, staged various workshops, and represented Portugal at the Macao International Dance Festival.
Edgar Santinhos was born in 1978. He is a sculpture graduate who also studied film directing. He divides his time between different visual arts, and has participated in several film festivals.

© 2010 Culturgest