facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Dança · Sexta 25 e Sábado 26 de Setembro de 2009
21h30 · Palco do Grande Auditório· Duração aprox. 45 min.

Anticorpo
De e por João Costa


© Susana Neves

Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

Regressando ao tema do corpo, neste trabalho tive vontade de me focalizar no sistema imunitário como aquele que nos permite sobreviver e conviver com outros seres que habitam em nós, substâncias, corpos estranhos que nos invadem.
Este sistema é extremamente complexo, constituído por um conjunto de pequenas células e proteínas especializadas, contribuindo todas para uma harmonia coreográfica que se vai escrevendo no espaço interior do corpo, invisível a olho nu.
Ao ser perturbada essa harmonia acontecem pequenos desequilíbrios e imediatamente o sistema reage para que no máximo da velocidade se restabeleça o equilíbrio inicial. Em todo este processo determinadas células conservam a memória do acontecimento e irão no futuro reconhecer o invasor. A memória existe nestas células tal como na consciência de cada um de nós.
João Costa

Coreógrafo e performer particularmente interessado em estabelecer relações entre a arte e a ciência, João Costa, 30 anos, de que a Culturgest tem o prazer de co-produzir e apresentar esta nova criação, é natural de Espinho, iniciou os seus estudos em dança com Conchita Ramirez, fez o Curso de Pesquisa e Criação Coreográfica do Fórum Dança, participou nas Réperages Danse à Lille 02, realizadas no Balleteatro Porto, e no Capitals – Encontros Acarte 2003 no qual apresentou o solo Meeting Room. Foi intérprete de trabalhos de Né Barros, Isabel Barros, Nigel Charnock, Joclécio Azevedo, Alberto Magno, Ana Figueira, Pedro Carvalho, Mathilde Monnier, Rui Horta, Javier de Frutos, Jamie Watton, Jaro Vinarsky, Peter Bebjack, Juraj Korec, Vera Mantero e Bruno Listopad. Foi membro associado do NEC – Núcleo de Experimentação Coreográfica entre 1999 e 2007. Criou, entre outras, as peças lilly 03 (2003), Eus (2004), peter 05 (2005), Jo and Jo (2007) e, mais recentemente, para o Festival da Fábrica, Simon 06.07.08.09 em Maio de 2009. Representou Portugal na área da dança na Bienal dos Jovens Criadores da Europa e do Mediterrâneo – PUGLIA 2008. O seu trabalho tem sido apresentado em Portugal, Inglaterra, Turquia, França, Espanha, Eslováquia e Itália. Em 2003 fundou a salabranca que promove os seus objectos artísticos e apoia o trabalho de outros artistas. Frequenta o Mestrado integrado em Ciências Farmacêuticas da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto.

 

Direcção, concepção e interpretação João Costa
Desenho de luz Wilma Moutinho
Apoio dramatúrgico Micaela Maia
Espaço cénico so.lu
Manipulação sonora lupeca
Direcção técnica Wilma Moutinho / Francisco Teles
Produção salabranca
Co-produção Culturgest, Balleteatro

 

30-year-old João Costa from Espinho is a choreographer and performer interested in linking art and science. Culturgest is pleased to be co-producing his latest creation.
“In this work I wanted to focus on the immune system, which enables us to survive and live with the other beings that live inside us.
“The system is extremely complex, comprising small specialized proteins and cells, all contributing to a choreographic harmony within the body, invisible to the naked eye.
“When that harmony is disturbed, imbalances occur and the system immediately reacts to re-establish the original balance as quickly as possible. Certain cells remember the event and in future will recognize the invader.”
João Costa

© 2010 Culturgest