facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Jazz · Domingo 1 de Março de 2009
21h30 · Grande Auditório· Duração 1h30

Gianluca Petrella
Indigo 4


© Roberto Cifarelli
Classificação: M/12

A primeira vez que Gianluca Petrella esteve na Culturgest foi em Janeiro de 2005, integrado no quinteto de Enrico Rava, num concerto memorável. Deu nas vistas quer pela qualidade da sua música, quer pela forma extrovertida com que actua em palco.
Em Janeiro de 2007, esteve anunciado um concerto com o grupo que lidera, Indigo 4, que foi cancelado por razões de saúde de sua mulher.
Vem agora, finalmente, com a sua banda. O concerto baseia-se no segundo CD que editaram na Blue Note, Kaleido.
Aos 33 anos, Petrella é um dos grandes trombonistas do jazz actual. Para além de colaborar regularmente com Enrico Rava, tocou e/ou gravou com grandes nomes como Steve Swallow, Jimmy Oewns, Greg Osby, Carla Bley, Streve Coleman, Lester Bowie, Pat Metheney, John Abercrombie, Aldo Romano, Roberto Gato, Gianluca Trovesi, entre muitos outros. Apresentou-se ainda em salas de grande prestígio e nos mais famosos festivais do mundo.
Em 2001 foi eleito, numa votação promovida pela revista italiana Musica Jazz, como melhor ‘novo talento nacional’. Nesse mesmo ano recebeu o Django d’Or, como melhor ‘novo talento’ europeu. Em 2005, novamente na escolha promovida pela Musica Jazz, foi considerado músico do ano. Em 2006 e 2007, foi colocado pela famosa votação de críticos da Revista Down Beat, como primeiro na lista dos talentos emergentes (rising star), distinção que nunca tinha sido atribuída a um músico italiano.
Petrella é um jazzman superlativo, que domina como ninguém o seu instrumento e que concilia, com uma imaginação poderosa e um apurado sentido de medida, elementos do jazz ‘clássico’ e contemporâneo.

 

Trombone Gianluca Petrella
Saxofone tenor e clarinete Francesco Bearzatti
Contrabaixo Paolino dalla Porta
Bateria Fabio Accardi

 

Gianluca Petrella first performed at Culturgest in 2005 as part of Enrico Rava’s quintet, standing out both for his playing and his exuberance. He was due to play again in 2007 but had to cancel owing to his wife’s health. But now he is here with his band, Indigo 4, with a show based on their second Blue Note CD, Kaleido.
At 33 he is one of today’s great jazz trombonists. As well as working with Rava, he has played and/or recorded with Steve Swallow, Jimmy Owens, Greg Osby, Carla Bley, Steve Coleman, Pat Metheney and many others.
He was voted best ‘new domestic talent’ by Italy’s Musica Jazz in 2001 – the first of several awards. He is a superlative and masterful jazzman, and highly imaginative.

© 2010 Culturgest