facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Jazz · Quinta 4 de Junho de 2009
21h30 · Grande Auditório· Duração 1h15

João Paulo
toca Carlos Bica


João Paulo / Carlos Bica © Nuno Calado

Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

Elogiar um amigo poderá parecer algo demasiado óbvio e de pouco interesse. No entanto é impossível falar sobre o João Paulo sem lhe tecer elogios.
João Paulo é, na minha opinião, o músico referência no panorama da música improvisada feita em Portugal. Apesar do mercado exigir que um músico traga sempre consigo, e de preferência em letras bem legíveis, um rótulo musical, ele recusa-se a fazê-lo, ou melhor, são os rótulos que se afastam dele por ser demasiado honesto. Músico dono de uma mestria de instrumento e de uma musicalidade genial raras, João Paulo é muito mais do que apenas um excelente pianista, ele é um músico capaz de criar do momento, do agora.
Sinto-me especialmente lisonjeado por poder ouvir o João Paulo a tocar a minha música. Ele interpretou, recriou e inventou as minhas composições. Apenas me resta agradecer-lhe profundamente por este especial acto de cumplicidade artística e pela sua amizade.
Carlos Bica

João Paulo nasceu em Lisboa em 1961. Começou muito cedo os seus estudos musicais, na Academia de Santa Cecília, iniciando-se rapidamente no piano. Posteriormente, ingressou no Conservatório Nacional, onde, em 1984, obteve o diploma do Curso Superior de Piano com a classificação máxima.
Entretanto, tinha uma intensa actividade nas áreas do jazz e da música popular, participando em grupos de jazz, ensinando na escola do Hot Clube, apresentando-se no Cascais Jazz, acompanhando artistas como Fausto, José Mário Branco e Sérgio Godinho em espectáculos e gravações.
Foi para Paris aprofundar os seus estudos no Conservatório de Rueil-Malmaison onde obtém as mais altas distinções. E ficou por mais quatro anos, dando vários recitais em França e Estados Unidos, dos quais se destacam os de Nova Iorque (Carni Hall em 1986 e Carnegie Hall em 1989).
De volta a Portugal em 1992 continuou a colaboração com artistas como Sérgio Godinho, Vitorino, Filipa Pais, entre outros.
Na área do jazz tem trabalhado, por exemplo, com Tomás Pimentel, Mário Laginha, Maria João, Carlos Martins, André Fernandes, Carlos Barretto, Carlos Bica, Jorge Reis, Mário Franco, José Salgueiro, Bruno Pedroso e numerosos músicos estrangeiros, apresentando-se frequentemente em concerto, nacional e internacionalmente. A sua discografia enquanto líder conta com 9 álbuns.

 

Piano João Paulo
Composições Carlos Bica
Participação especial Carlos Bica

 

For Carlos Bica, João Paulo is Portugal’s leading improvisational musician. He was born in Lisbon in 1961 and graduated from the Portuguese National Conservatory in 1984. He always enjoyed jazz and popular music, playing in jazz bands and teaching jazz, as well as accompanying musicians such as Fausto, José Mário Branco and Sérgio Godinho live and in the studio.
After studying in Paris and giving recitals in France and the US, notably New York (Carni Hall in 1986 and Carnegie Hall in 1989), he returned to Portugal in 1992. In the jazz world he has worked with Tomás Pimentel, Mário Laginha, Maria João, Carlos Martins, André Fernandes and many many others, plus numerous foreign musicians, and has nine CDs to his name.

© 2010 Culturgest