facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Música · Domingo 29 de março de 2009
11h00 · Palco do Grande Auditório· Duração 1h20

Quarteto Remix
Concerto comentado por Rui Pereira


Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/6

A tradição Clássica de atribuir nomes aos Quartetos de Cordas é aqui ilustrada desde os seus primórdios até ao século XXI. Haydn coroou de humor o final de um dos seus Quartetos Prussianos, simulando vários finais que deixam o ouvinte sem saber quando é o momento certo para o tradicional aplauso. Alexandre Delgado homenageou a ilha da Madeira dedicando cada andamento do seu quarteto de cordas, escrito em 2001, a elementos pictóricos da floresta laurissilva.
Já György Ligeti e Daniel Moreira, Jovem Compositor em Residência na Casa da Música em 2009, revelam no nome dos seus quartetos aspectos relativos às técnicas que utilizaram na composição das respectivas obras. O primeiro quarteto de Ligeti é uma das obras mais importantes do seu primeiro período criativo, o chamado ‘período húngaro’ no qual o compositor revela ainda a influência de compositores como Bartók. A partir de um breve motivo de três notas, Ligeti dá início a uma corrente de metamorfoses atingindo sonoridades de uma densidade orquestral considerável.
Este é, assim, um programa feito de surpreendentes contrastes quer pelos períodos históricos que percorre, quer pela extensa paleta sonora que um mesmo efectivo instrumental pode abordar.

 

Violino Angel Gimeno
Violino José Pereira
Viola Trevor McTait
Violoncelo Oliver Parr

Programa
Daniel Moreira
Quarteto nº 1, Images-Miroirs
Josef Haydn
Quarteto op. 33 nº 2, A piada
Alexandre Delgado
Pequena Suite Laurissilva
György Ligeti
Quarteto nº 1, Metamorphosis nocturnes

 

The classical tradition of naming string quartets is illustrated here from the earliest days to the 21st century. Haydn gave several of his Prussian Quartets false endings so that audiences did not know when to applaud. Alexandre Delgado dedicated each movement of his 2001 string quartet to features of Madeira’s forests. The names of György Ligeti’s and Daniel Moreira’s quartets reveal their composition techniques. The first quartet by Ligeti is from his early ‘Hungarian’ period, showing Bartók’s influence. This event will be full of surprising contrasts owing to the historical periods which it illustrates, demonstrating the wide range of sounds that four musicians can encompass.

© 2010 Culturgest