facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Jazz · quinta 5 de Novembro de 2009
21h30 · Pequeno Auditório· Duração 1h30

Sten Sandell Trio
Ciclo ISTO É JAZZ? Comissário: Pedro Costa


Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

“Polytonalrytmic totalmusic” é como se pode definir a música do Sten Sandell Trio, ensemble que tem vindo a encantar a Europa desde 1999.
A dobrar dez anos de existência, este trio que inclui dois músicos suecos, Sten Sandell e Johan Berthling, e um norueguês, Paal Nilssen-Love, é justamente reconhecido como um dos mais importantes trios de piano do moderno jazz europeu, responsável por uma abordagem revolucionária desta clássica formação do jazz.
A música do trio assenta nos cânones da música improvisada europeia mas destaca-se pela sua profundidade e não pelo volume de som. É uma música de pormenor e exploração e um feliz e delicado convívio entre o acústico e a electrónica.
Com três discos editados, Standing Wave (Sofa, 2001), Flat Iron (Sofa, 2004) e Oval (Intakt, 2007), o Sten Sandell Trio está longe de esgotar as suas capacidades criativas. Prova disso são as gravações com o saxofonista John Butcher, Strokes (Clean Feed, 2007) e The Godforgottens (Clean Feed, 2009) com Magnus Broo no trompete.
Sten Sandell, de Estocolmo, colabora habitualmente com o grupo Gush, Mats Gustafsson, Evan Parker e Low Dynamic Orchestra, para além de ser muito solicitado para concertos a solo. A sua forma de tocar é inspirada em Cecil Taylor e influenciada pela música contemporânea designadamente por compositores como Morton Feldman e John Cage. Toca música improvisada há 25 anos nos maiores festivais em toda a Europa e EUA.
Johan Bertling, também de Estocolmo, tornou-se um dos mais importantes contrabaixistas da música improvisada sueca dos últimos anos onde se apresenta regularmente com Raymond Strid, Fredrik Ljungkvist e David Stackenäs e com os grupos TAPE, LSB, Folke e Göran Kaifes. Influenciado por William Parker, Berthling é um contrabaixista poderoso e muito seguro. Dirige também a editora Häpna.
Paal Nilssen-Love, de Oslo, é considerado por muitos o mais importante baterista europeu dos últimos anos e um revolucionário da bateria como há muito não se via. Com pouco mais de 30 anos de idade, Nilssen-Love tem uma carreira ao mais alto nível há mais de dez, tocando e gravando intensamente ao lado de músicos como Frode Gjerstad, Mats Gustafsson, Håkon Kornstad ou Joe McPhee e integra os grupos The Thing, School Days, Atomic, 4 Corners. Lendárias são já as suas aparições ao lado do saxofonista Ken Vandermark.

 

Piano, voz e electrónicas Sten Sandell
Contrabaixo Johan Berthling
Bateria Paal Nilssen-Love

 

The Sten Sandell Trio’s music might be defined as “polytonalrytmic totalmusic”. Sten Sandell and Johan Berthling from Sweden, and Norway’s Paal Nilssen-Love, are one of European jazz’s top trios. Their music is improvisation-based, but combines acoustic and electronic.
The have released three CDs, Standing Wave (2001), Flat Iron (2004) and Oval (2007), and recorded with saxophonist John Butcher on Strokes (2007) and with Magnus Broo on trumpet on The Godforgottens (2009).
Sandell regularly works with others, and is in demand for solo concerts. Berthling is one of Sweden’s leading improvisation bassists. And Nilssen-Love is seen as one of the most important European drummers of recent years.

© 2010 Culturgest