facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Teatro · Segunda 5 e terça 6 de outubro de 2009
21h30 · Palco do Grande Auditório· Duração 1h15

L’Effet de Serge
O Efeito de Serge
Um espectáculo de Philippe Quesne / Vivarium Studio


© Argyroglo Callias Bay
Folha de Sala (pdf)

* Na compra de bilhete para os espectáculos L’Effet de Serge e La Mélancolie des dragons, o segundo tem o preço especial de 5 euros. Em alternativa, traga o seu bilhete de L’Effet de Serge e pague 5 euros pelo de La Mélancolie des dragons.

Espectáculo em francês (com tradução parcial) e português

Classificação: M/12

No seu apartamento, Serge apresenta todos os domingos aos seus amigos espectáculos mínimos a partir de efeitos especiais. Criado para o actor Gaëtan Vourc’h, L’Effet de Serge interroga a forma do solo através da representação dentro da representação. Tabiques de gesso, uma porta-janela que dá para um jardinzinho, um bocado de alcatifa, TV, aparelhagem e mesa de pingue-pongue são os elementos de cenário reciclados de espectáculos anteriores: aliás, as produções do Vivarium Studio começam normalmente pelo final do espectáculo anterior, e é por isso que Gaëtan entra vestido de cosmonauta...

Em 2003 fundei a associação Vivarium Studio afim de conceber e encenar as minhas próprias criações e interrogar o teatro como arte de assemblage, uma arte heterogénea. O meu primeiro espectáculo, La Démangeaison des ailes, foi inventado com um grupo de trabalho composto por actores, artistas plásticos, um bailarino-músico, um chefe de produção de cinema e um cão. Enriquecida por esta primeira aventura, a experiência prolonga-se faz agora cinco anos com os mesmos colaboradores, aos quais se juntam pontualmente convidados ou figurantes (...). Os temas muitas vezes abordados com uma doce ironia são-no através de diferentes tipos de textos (entrevistas, artigos, poemas, canções, listas de palavras) que contribuem para a coerência narrativa cénica e se combinam com outros elementos do teatro (corpos, som, luz, vídeos). (...) Concebo dispositivos cénicos que são tanto cenários quanto oficinas de trabalho, “espaços-viveiros” para estudar microscosmos humanos. (...) A ideia de partida é muitas vezes pretexto para experimentações, do processo de criação à representação, preservando a ambiguidade verdadeiro/falso, real/artificial, ilusão/verdade. A flutuação do que está vivo...
Philippe Quesne
www.vivariumstudio.net

 

Concepção, encenação e cenografia Philippe Quesne
Com Gaëtan Vourc’h, Tristan Varlot, Rodolphe Auté e Hermès, Zinn Atmane e alguns convidados
Produtora Anaïs Rebelle
Produção Vivarium Studio 2007
Co-produção Ménagerie de Verre, no quadro das residências
Apoio Forum scène conventionnée de Blanc-Mesnil, Festival actOral montévidéo e Culturesfrance
Vivarium Studio é uma companhia convencionada da DRAC Île-de-France

 

Every Sunday, Serge presents minimal shows to his friends, using special effects... Written for actor Gaëtan Vourc’h, L’Effet de Serge interrogates the performance within a performance. Props are recycled from previous shows: Vivarium Studio’s productions normally start with the ending of the preceding one, which is why Gaëten enters dressed as a cosmonaut.
Philippe Quesne founded Vivarium Studio in 2003 to stage his own works. He has now been working with the same team for five years. He creates spaces that are as much sets as they are workshops, “vivaria” to study human microcosms. The works are often a pretext for experimentation, keeping the ambiguous relationship between true and false, real and artificial, and illusion and truth.

© 2010 Culturgest