facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Música/dança · Sábado 19 de setembro de 2009
21h30 · Grande Auditório· Duração 1h30

Son de la Frontera


© Mario Pacheco

Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

Son de la Frontera é um grupo flamenco formado por jovens herdeiros e seguidores do grande mestre Diego del Gastor, de Morón de la Frontera, Sevilha. Dois dos membros do grupo são sobrinhos-netos do Mestre que, apesar de nunca ter gravado um disco, foi um dos mais inovadores guitarristas de flamenco.
Son de la Frontera aprofunda o flamenco de Morón, o legado de Gastor, introduzindo-lhe influências latino-americanas, do Norte de África e do Médio Oriente, revelando-se um dos grupos mais inovadores do flamenco contemporâneo.
Formado em 2003, o seu primeiro disco Son de la Frontera (2004), obteve reconhecimento unânime da crítica especializada e do público aficionado, recebendo vários prémios, entre os quais Flamenco Hoy 2004, concedido pela crítica especializada, na categoria de Melhor Disco Flamenco Instrumental. O segundo álbum, Cal (2006), valeu-lhes a nomeação para o Grammy Latino 2007 como Melhor Grupo de Flamenco e o BBC Radio 3 Award for World Music na categoria de Melhor Grupo Europeu.
Nestes seis anos de carreira, o grupo já se apresentou por toda a Espanha, pelos melhores festivais de flamenco e de música do mundo, Estados Unidos, América do Sul e Europa.
Formado apenas por homens, que se conhecem há anos e que fizeram parte da banda que acompanhava a cantora Martirio, o grupo inclui dois guitarristas e três percussionistas (isto é, encarregues do compás, a marcação dos vários ritmos através das palmas, tão peculiar no flamenco), dos quais dois são também bailaores e um cantaor. Os seus espectáculos são sempre recebidos com grande entusiasmo pelo público.

 

‘Baile e Compás’ Pepe Torres
‘Cante e Compás’ Moi de Morón
Guitarra Flamenca Paco de Amparo
‘Compás e Baile’ Manuel Flores
Guitarra Keko Baldomero

 

Son de la Frontera is a flamenco group formed by young heirs and followers of the great Diego del Gastor. Gastor never recorded, but he was one of flamenco’s most innovative guitarists. The group takes his legacy further by adding Latin-American, North African and Middle-Eastern influences.
The group’s first CD was unanimously hailed by critics and the public, and garnered several awards, including Flamenco Hoy 2004 for best instrumental flamenco CD. Their second, Cal (2006), gained a Latino Grammy nomination and the BBC Radio 3 Award for World Music for best European group.
The all-male group has two guitarists and three percussionists who clap the rhythm, two of whom are also dancers and one a vocalist.

© 2010 Culturgest