facebook
Loading
arquivo > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Música · Sexta 5 de junho de 2009
21h30 · Grande Auditório· Duração 1h15

Xangai
Brasilerança


Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

Um dos artistas mais importantes do seu país, ex-vaqueiro, Eugénio Avelino nasceu no sertão da Bahia, filho e neto de mestres tocadores de sanfona (nome popular para o acordeão). Em rapaz trabalhou numa sorvetaria do seu pai, a Xangai, e passou a ser conhecido por esse nome.
Viveu tempos na fazenda do seu primo, o compositor e cantor Elomar, decisivo na sua formação artística. Ainda passou uns anos no Rio de Janeiro, começando a estudar economia, mas deixou os estudos para se dedicar à sua carreira artística.
“Sou de um berço de tocadores de sanfona, mas não foi isso que me fez artista, porque tenho plena consciência de que esse dom já estava comigo; apenas, e cada vez mais, venho buscando apurar, melhorar o meu envolvimento com a música, a poesia”.
Com a sua voz poderosa canta a música e os ritmos do nordeste: forró, rastapé, xote, ligeira, baião, coco, galope, …ou canções românticas. Tocando com diversas formações, é sozinho que se solta mais, com a sua forma única de tocar o violão. Nessas alturas, não prepara uma lista de canções, vai cantando canções antigas, consagradas, canções novas compostas por si ou por músicos que admira, ao sabor da inspiração do momento.
Em mais de 30 anos de carreira, gravou cerca de 20 discos, a solo ou em parcerias, fez inúmeras digressões por todo o Brasil e pelo estrangeiro, produz e apresenta um programa na Rádio Educadora da Bahia, onde leva nomes da música popular que não passam nos grandes meios de comunicação.
“O que eu canto é a presença de minha própria realidade”. “Minhas cantigas (…) retratam a minha aldeia, aquilo com que me identifico, porque gosto de falar a respeito do ambiente que tenho conhecimento, das situações do ser humano à minha volta”.

 

Violão Xangai
Bandolim e violão Fabrício Rios

 

One of Brazil’s leading artists, Eugénio Avelino was born into a family of master accordionists. His name Xangai comes from his father’s ice-cream store where he worked as a boy. He lived for a while on the farm of his cousin, the singer and composer Elomar. He also spent a few years in Rio to study, but opted instead for a musical career.
‘I am from a family of accordionists, but that did not make me an artist [...] that gift was already in me.’
He sings the music of north-east Brazil, or romantic songs. Although he plays with various bands, he is freer as a solo artist, his unique violin style allowing him to play according to his mood. He has recorded over 20 CDs, and has toured Brazil and other countries many times.

© 2010 Culturgest