facebook
Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Ted Nash Quarteto
The Mancini Project
Programador: Manuel Jorge Veloso
destaque
JAZZ
TER 13 DE ABRIL
Grande Auditório
21h30 · Duração: 1h30 · M12
18 Euros · Jovens até aos 30 anos: 5 Euros
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Saxofones Ted Nash Piano Frank Kimbrough
Contrabaixo Jay Anderson Bateria Ali Jackson

Competentíssimo músico de estante e solista de mérito da Lincoln Center Jazz Orchestra, dirigida por Wynton Marsalis, o saxofonista norte-americano Ted Nash está desde há muito apostado numa carreira individual, liderando formações instrumentais de constituição muito diversa para a concretização de projectos musicais próprios e altamente individualizados. Para além disso, foi membro fundador e elemento muito activo do Jazz Composers Collective, um conjunto de músicos radicados em Nova Iorque, todos eles instrumentistas e compositores de primeiro plano e que muito têm contribuído para a renovação do jazz contemporâneo.
Entretanto, o projecto que Ted Nash vai apresentar neste concerto da temporada de jazz da Culturgest distingue-se pela escolha de um repertório que não é da sua autoria mas que saiu da talentosa pena de Henry Mancini, um dos compositores mais importantes e prolíficos do cinema norte-americano, com cerca de duas centenas de filmes no seu activo.
Mancini não deve apenas ser circunscrito à música para o cinema popular ou mais ou menos sofisticado, como a série Pink Panther (iniciada em 1963) ou Breakfast at Tiffany’s (1961) mas ainda como compositor ligado a obras de maior fôlego na história do cinema, como a obra-prima Touch of Evil (Orson Welles, 1958) ou ainda Charade (Stanley Donen, 1963) e The Glass Menagerie (Paul Newman, 1987), para apenas referir estes, ou mesmo a série policial televisiva Peter Gunn, que ficou famosa na passagem dos anos 60 para os anos 70.
Interessante é que a ligação de Ted Nash às partituras de Henry Mancini não é apenas de carácter musical mas também sentimental e familiar, uma vez que o jovem Ted costumava frequentar os estúdios onde essas bandas sonoras eram gravadas, porque das orquestras faziam parte o seu tio e o seu próprio pai.
Enfim, um concerto que pode ser ainda reconfortante para o imaginário e a memória cinematográfica do espectador.

A highly skilled musician, and soloist of Wynton Marsalis’s Lincoln Center Jazz Orchestra, American saxophonist Ted Nash has long since opted for a solo career. He also helped found the Jazz Composers Collective, which has helped to rejuvenate contemporary jazz.
His performance for this Culturgest jazz season will feature music by Henry Mancini, one of US cinema’s most prolific composers. He wrote the music for the Pink Panther series, Breakfast at Tiffany’s, Touch of Evil and many other films. Ted Nash has emotional ties to the music. He used to visit the studios where the soundtracks were recorded, his uncle and father being members of Mancini’s orchestras.
© 2010 Culturgest