facebook
Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Um Precipício no Mar
De Simon Stephens
Um espectáculo
dos Artistas Unidos
Integrado no Festival de Almada
destaque
© Jorge Gonçalves
TEATRO
DE QUI 15 A DOM 18
DE JULHO
Palco do Pequeno Auditório
19h30 e 21h30 (dia 15)
19h30 e 23h00 (dias 16 e 17)
16h00 e 18h30 (dia 18)
Duração: 30 min. · M12 5 Euros (preço único)

Comprar Bilhete
Mais Info
Folha de Sala (pdf)
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Os Artistas Unidos são uma estrutura financiada pelo Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes
apoio
Título original Sea Wall (2008) Tradução Hélia Correia
Com João Meireles Encenação Jorge Silva Melo

A história de Alex, da sua mulher e filha – e de como a felicidade é brutalmente interrompida, num dia de sol e junto ao mar. As marés mais inesperadas podem apanhar os homens mais felizes e levá-los com elas, para o mais escuro nada.
“Esta peça é um mar azul enganadoramente calmo debaixo do qual se esconde uma feroz corrente de dor”: assim saudou Lyn Gardner, no Guardian, esta peça breve de Simon Stephens, autor revelado entre nós em 2009 (no Teatro Nacional D. Maria II, com a peça Harper Regan). “O triunfo da narração na sua simplicidade gloriosa”, escreveu Alice Jones no The Independent.

The story of Alex, his wife and daughter, and how happiness is brutally interrupted one sunny day by the sea. The most unexpected tides can catch out the happiest of men and sweep them away into the darkest void.
“This play is like a deceptive calm blue sea beneath which lurks a ferocious riptide of sorrow”, said Lyn Gardner in The Guardian about this play. “ A spellbinding reminder of the power of story-telling in all its glorious simplicity” said Alice Jones in The Independent. Simon Stephens first became known in Portugal in 2009 at the National Theatre, with his play Harper Regan.
© 2010 Culturgest