facebook
Loading
MÚSICA · Sábado 30 de Janeiro de 2010
21h30 · Grande Auditório· Duração 1h30

Corey Harris & The Rasta Blues Experience
CICLO HOOTENANNY


© Aaron Hawkins

Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

Um disco ouvido aos 12 anos com a mãe traçou a vida de Corey Harris. Na casa de Denver onde nasceu a 21 Fevereiro de 1969, uma lenda do blues enchia o ar de sons: Lightnin’ Hopkins. Iniciou assim um percurso que o levou desde os blues mais tradicionais até às mais contemporâneas expressões do género.
Formado em Antropologia, Corey Harris esteve nos Camarões, África, para uma pós-graduação em linguística e aí estudou as poliritmias complexas da música local. De regresso aos EUA começou a tocar profissionalmente em clubes de Nova Orleães.
Em 1995 gravou o primeiro disco para a Alligator. Between Midnight and Day é um álbum a solo, em torno do seu virtuosismo nas inúmeras variantes dos Delta Blues, o suficiente para ser apontado como um valor importante da nova geração de músicos de blues de invulgar versatilidade e cultura.
Em 1997 grava Fish Ain’t Bitin, onde mistura nas suas composições uma secção de sopros ao estilo típico de Nova Orleães. No ano seguinte colabora com a dupla Billy Bragg/Wilco no projecto Mermald Avenue, em torno da música de Woody Guthrie. Em 1999 grava Greens from the Garden com o pianista Henry Butler, que muitos críticos consideram ser o seu trabalho mais importante e onde os blues se misturam com o funk, R&B e até com reggae e hip-hop. No ano seguinte volta a gravar com Butler o soberbo álbum de blues do Delta intitulado Vu-Du Menz.
Na nova editora, a Rounder, regista em 2002 Downhone Sophisticate, de sonoridade eléctrica e onde explora influências africanas e latinas; seguem-se o maravilhoso Mississippi to Mali em 2003 e Daily Bread em 2005.
Uma viagem à Jamaica acaba por ser decisiva para o som dos dois álbuns que se seguem, ambos para a Telarc: Zion Crossroads em 2007 e Blu, Black, já em 2009.
Corey Harris é o protagonista de um dos episódios da série televisiva Blues, produzida por Martin Scorsese.

 

Teclados Christopher Whitley
Voz, guitarra Corey Harris Bateria Kenneth Joseph
Baixo Donovan Marks
Saxofone Gordon Jones

At 12 years old, Corey Harris heard a record with his mother, and he came alive. His Denver home was filled with the sounds of legendary Lightnin’ Hopkins.
While a student he went to Cameroon, where he studied the complex polyrhythms of the local music.
His first album was Between Midnight and Day, a solo album of delta blues music. He went on to record the Fish Ain’t Bitin CD, and then worked with Billy Bragg and Wilco on the Mermaid Avenue project based on the music of Woody Guthrie. Many consider his best work to be 1999’s Greens from the Garden. His usual band is Corey Harris (guitar/vocals), Chris “Peanut” Whitley (keyboards), Gordon Jones (saxophone), Ralph Dulour (bass) and Ken Joseph (percussion).

© 2010 Culturgest