facebook
Loading
Cinema · Quarta 20 a Sábado 23 de Janeiro de 2010
Pequeno Auditório

Brillante Mendoza
Programação: Zero em Comportamento, Associação Cultural


Manoro

Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/16

Chegado relativamente tarde à realização (assinou o seu primeiro filme quando já tinha ultrapassado os 40 anos de idade, depois de uma carreira profissional como production designer em produções publicitárias, televisivas e de cinema), o filipino Brillante Mendoza irrompeu de forma fulgurante no panorama do cinema mundial com uma série de oito longas metragens feitas nos últimos cinco anos, todas elas seleccionadas e premiadas nos principais festivais internacionais. Sendo parte integrante do assinalável ressurgimento artístico da cinematografia do seu país desde há meia dúzia de anos, a obra de Mendoza distingue-se pela vigorosa reinvenção da principal herança do cinema moderno filipino dos anos 1970 e 1980 (que teve em Lino Brocka o seu nome mais significativo): o singular cruzamento do drama social realista com o melodrama e outros géneros populares. Partindo desse modelo, a obra de Mendoza tem falado de forma absolutamente contemporânea do seu país e das questões sociais, políticas, religiosas e de género (o questionamento das identidades sexuais é um subtema constante) que o atravessam. Isto em ficções que operam sempre, em primeiro lugar, de forma directa a nível narrativo (nesse sentido, o seu é um cinema bastante mais “acessível”, sem ser menos interessante, que o dos seus colegas Lav Diaz, Raya Martin ou Khavn de la Cruz).
Esta retrospectiva é a mais completa feita até à data sobre uma obra que está ainda longe de estar perfeitamente definida, mas cujas singularidade e relevância são já incontornáveis. Mendoza estará em Lisboa para acompanhar o programa, apresentar as sessões dos seus filmes, quase todos absolutamente inéditos entre nós e apresentar uma masterclass.

 

Quarta-feira 20
21h30

Lola, Filipinas/França, 2009, 1h50, versão original com legendas em português e inglês
Duas anciãs. Uma perdeu o neto, a outra é a avó do assassino. Cada uma delas é obrigada a lidar com a trágica ocorrência para tentar prosseguir com a sua vida.

Quinta-feira 21
18h30

Masahista, Filipinas, 2005, 1h20, versão original com legendas em português e inglês
Iliac é um jovem massagista com uma clientela predominantemente gay. No salão de massagem, o sexo é um elemento sempre presente nas relações entre os funcionários e os seus clientes.

21h30
Manoro, Filipinas, 2006, 1h15, versão original com legendas em português e inglês
Numa remota comunidade situada nas montanhas vulcânicas das Filipinas, uma jovem professora ensina adultos e idosos a ler e a escrever para poderem participar nas eleições presidenciais que se aproximam.

Sexta-feira 22
18h30

Kaleldo, Filipinas, 2006, 1h30, versão original com legendas em português e inglês
Numa família marcada pela figura de um pai autoritário e conservador, três irmãs procuram conquistar a sua autonomia enquanto jovens adultas, entrando em choque com a tradição familiar e religiosa.

21h30
John John, Filipinas, 2007, 1h38, versão original com legendas em português e francês
Num bairro-de-lata de Manila, uma mulher é contratada para tomar conta de órfãos a aguardar adopção. O pequeno John John é deixado aos seus cuidados.

Sábado 23
16h00

Tirador, Filipinas, 2007, 1h26, versão original com legendas em português e inglês
Num bairro comercial de Manila, jovens delinquentes procuram fazer pela vida. À sua volta, os restantes moradores lidam com as dificuldades de mais um dia no quotidiano febril da capital filipina.

18h30
Serbis, Filipinas, 2008, 1h34, versão original com legendas em português e inglês
A família Pinela dirige e habita um cinema pornográfico no centro de Manila que já conheceu melhores dias. Enquanto decorre a actividade diária das sessões, espectadores, prostitutas e elementos da família cruzam-se nos corredores e átrios do cinema.

21h30
Kinatay, Filipinas, 2009, 1h50, versão original com legendas em português e inglês
Um jovem formando da academia de polícia tenta melhorar a sua situação financeira, trabalhando como segurança privado em negócios duvidosos. Acaba implicado num ajuste de contas envolvendo uma prostituta.

Masterclass
Sexta-feira 22, 15h00
Entrada gratuita
Levantamento de senha de acesso 30 minutos antes da sessão,
no limite dos lugares disponíveis. Máximo por pessoa: 2 senhas.

Integrada neste ciclo, será apresentada uma masterclass conduzida pelo realizador Brillante Mendoza e pelo seu produtor Ferdinand Lapuz. O tema será a produção e realização de cinema independente nas Filipinas. Esta iniciativa é em especial destinada a estudantes de cinema e jovens profissionais da área.

 

The Philippine Brillante Mendoza’s career as a director began late. He made his first film when he was over 40 after a career as a production designer. But he has had a huge impact on world cinema with eight feature films directed over the last five years, all of which have been selected and won awards at the top international film festivals. His work reinvents modern Philippine cinema, blending realistic social drama with melodrama and other popular forms. It deals with its country’s social, political, religious and gender issues (sexual identity is a constant underlying theme).
This retrospective is the most complete so far. Mendoza will be in Lisbon to present the films. Most of them will be shown in Portugal for the first time.

apoio
© 2010 Culturgest