facebook
Loading
JAZZ · Quinta 25 de Fevereiro de 2010
21h30 · Pequeno Auditório· Duração 1h15

The Fish
Ciclo “Isto é Jazz?” Comissário: Pedro Costa


Folha de Sala (pdf)

Classificação: M/12

 

A música dos The Fish é o free jazz. Sem meias palavras, por mais que o termo assuste alguns. Free jazz, entenda-se, como estrutura, não como uma tradição. É um exemplo de como se pode fazer muito mais do que invocar o passado.
O duplo CD ao vivo que editaram na Ayler Records é o que se pode classificar como um acto de coragem. Os seus concertos deixam o público a ofegar, num êxtase total. Os The Fish são um grupo raro no panorama do jazz europeu pela organicidade e crueza da sua abordagem, menos virada para a cabeça e mais para o coração.
O primeiro impacto junto do ouvinte surge do som brutal, e logo a seguir do ritmo e das dinâmicas que utilizam na sua música. Que dá vontade de dançar ou, pelo menos, que nos faz abanar o corpo, numa experiência fundamentalmente física.
Na revista Wire (uma publicação de referência na música do nosso tempo), Julian Cowley disse deles que “não há nada de redundante na estamina, alta tensão e na sinuosa fluência da música dos The Fish.” E Henrik Kaldahl na Jazznett.com deixa o alerta: “os The Fish são uma bomba”.
Dando seguimento ao objectivo de surpreender o público deste ciclo, “Isto é Jazz?”, e mostrar as novas formas que o jazz pode assumir, metamorfoseando-se a todo o momento, apresentam-se os The Fish, o free jazz no século XXI com energia rock.

 

Saxofone alto Jean Luc Guionnet
Contrabaixo Benjamin Duboc
Bateria Edward Perraud

 

The Fish play free jazz, to put it bluntly, even though the term scares some away. Free jazz is understood as structure, not as a tradition. It shows that one can do far more than invoke the past. The double live CD they released on Ayler Records can be seen as an act of courage. Their concerts leave the audience in total ecstasy. Their approach is organic and raw, aimed at the heart more than the head. In Wire magazine, Julian Cowley said that there is nothing redundant in the stamina, high tension and sinuous fluency of their music. With the aim of surprising the audience, Isto é Jazz? [Is this Jazz?] shows how jazz can metamorphose at any time. And with The Fish, 21st-century jazz has all the energy of rock music.

© 2010 Culturgest