facebook
Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
doclisboa 2011
IX Festival Internacional de Cinema
destaque
© Mafalda Melo
CINEMA
DE QUI 20 A DOM 30
DE OUTUBRO
Grande e Pequeno Auditórios
Das 11h às 21h45
3,5€ (estudantes: 3€) Preços especiais: voucher de 10 bilhetes e grupos escolares
Filmes legendados em português

Programa disponível em doclisboa.org a partir
de 4 de Outubro
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
O doclisboa é financiado pela Secretaria de Estado da Cultura

11 dias para partilhar um retrato vivo e cinematográfico do estado do mundo e da linguagem do documentário.

 

Com uma nova directora, Anna Glogowski, o doclisboa regressa de 20 a 30 de Outubro, oferecendo o melhor e mais representativo do documentário nacional e internacional, tanto a nível de filmes inéditos em Portugal, quanto a retrospectivas e homenagens a grandes nomes do cinema do real.

Cinquenta anos após o início da luta armada dos povos colonizados por Portugal, um programa original de grande relevância política: uma retrospectiva histórica de filmes sobre as guerras de libertação das colónias portuguesas em África. Um resgate das obras cinematográficas mais significativas filmadas junto dos Movimentos de Libertação, cuja raridade e dispersão prometem reflexão, descobertas e emoção.

Jean Rouch (1917-2004), etnólogo e cineasta, será homenageado com uma mostra que promete ser a maior retrospectiva do autor, jamais realizada no país. A sua obra, em constante renovação desde os anos 50 quando começou a filmar em África, influenciou o cinema moderno, até a própria Nouvelle Vague. Uma obra que vem sendo restaurada desde 2008, pelo Centre National de la Cinématographie.

Outra retrospectiva será dedicada a Harun Farocki, um dos mais conceituados realizadores contemporâneos da Alemanha, artista e teórico da media, autor de uma obra variada em filme e vídeo, profundamente politizada. Os documentários mais relevantes do ano, portugueses e internacionais – curtas e longas – estarão presentes nas várias competições, e na secção «Investigações».

E, mais uma vez, a secção «Riscos» reunirá filmes recentes que estabelecem a ponte entre a ficção, o ensaio e o cinema do real.

Sem esquecer o «Heartbeat», que celebrará a relação entre a música e o documentário.

Now with a new director, Anna Glogowski, doclisboa will be back in Lisbon from 20 to 30 October, with the best in national and international documentary films.
Fifty years after the beginning of the Portuguese colonial wars, this year’s programme will include a historical retrospective of films about the struggle for freedom in Africa. There will also be a major tribute to Jean Rouch (1917-2004), whose work had such a powerful influence on modern cinema, including the Nouvelle Vague itself, and a retrospective of the work of the German director Harun Farocki, as well as the festival’s customary sections.
apoios
© 2011 Culturgest