facebook
Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Tempo, Espaço, Intencionalidade: nos 70 anos de Emmanuel Nunes
destaque
© João Messias
SIMPÓSIO
SEX 4, SÁB 5, DOM 6
DE NOVEMBRO
Pequeno Auditório
Entrada gratuita
Levantamento de senha de acesso 30 minutos antes do início da sessão, no limite dos lugares disponíveis. Máximo: 2 senhas por pessoa.
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
apoio

apoio

apoio
Organização Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical [CESEM]
e Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest

Nascido em Lisboa, em 1941, Emmanuel Nunes é o compositor português vivo mais divulgado internacionalmente, tendo sido professor na Escola Superior de Música de Friburgo (Alemanha) e no Conservatório Nacional de Paris. Indelevelmente marcado pelos escritos teóricos de Pierre Boulez, pelas aulas com Stockhausen, pelas leituras de Edmund Husserl e Merleau-Ponty, mas também pelos textos místicos de Jacob Böhme, pelo livro do Zohar e pela Árvore da Vida hebraica, pelas obras de Goethe e Dostoievsky, e ainda pelas inúmeras possibilidades da electrónica musical, Emmanuel Nunes desenvolveu uma linguagem centrada no fenómeno sonoro em si mesmo, entendido como ‘aparição’ profunda – única e singular. Ao longo da sua obra três elementos emergem como referências fundamentais: a reflexão sobre o tempo, a atenção dada ao espaço, e a ideia omnipresente de intencionalidade, tanto da escuta como da composição. Dedicado a estes três temas – tempo, espaço, intencionalidade – o presente simpósio aprofundará a reflexão sobre a obra de Emmanuel Nunes, além de homenagear o compositor no seu septuagésimo aniversário.

 

 

Programa

 

SEXTA-FEIRA 4

17h-17h30 Abertura. Mário Vieira de Carvalho / Paulo Assis

17h30-18h30 Tempo, espaço, intencionalidade – um retrato de Emmanuel Nunes, Paulo Assis (Universidade Nova de Lisboa)

19h-19h30 Apresentação do livro Emmanuel Nunes – Escritos e Entrevistas (Edições Casa da Música / CESEM), Mário Vieira de Carvalho (UNL), Paula Gomes Ribeiro (UNL), Paulo Assis (editor, UNL), Andreas Stascheidt (Universidade de Essen), e José Luís Borges Coelho (Casa da Música)

21h La Douce (Projecção DVD). Teatro musical para dois actores, soprano, contratenor, ensemble e live-electronics (2008/09). Libreto de Emmanuel Nunes baseado no conto La Douce de Dostoiévski. Remix Ensemble

 

SÁBADO 5

09h30-10h30 Keynote speech. Tisser, retisser – Emmanuel Nunes, analyste de la Seconde Cantate d’Anton Webern, Laurent Feneyrou (CNRS / Ircam)

11h-12h30 “Litanies du Feu et de la Mer I” e “Litanies du Feu et de la Mer II” – dois dizeres, uma mesma intenção, Helena Santana (Universidade de Aveiro) & Maria do Rosário Santana (Instituto Politécnico da Guarda);

‘Degrés’ e ‘Esquisses’ – Campos de tempo, Bruno Gabirro (Universidade Nova de Lisboa);

Emmanuel Nunes, crítico de música, Jaime Reis (Universidade Nova de Lisboa)

14h30-15h30 Keynote speech. Metamorphoses in ‘Wandlungen’ – Identity, Mutation, Difference, João Rafael (Friburgo)

15h30-16h30 A percussão na obra de Emmanuel Nunes, Pedro Carneiro;

‘Quodlibet’ – quando o espaço se torna elemento constitutivo de obra, Helena Santana (Universidade de Aveiro) & Maria do Rosário Santana (Instituto Politécnico da Guarda)

17h-18h30 Gérard Grisey: A Lifetime in Progress, Nicola Davico (Conservatório G. Verdi de Turim);

Constructing the timbre: pitch, time and musical discourse in Ligeti’s ‘Atmosphères’, Jean-Michel Court (Universidade de Toulouse);

Space and spatialization as discrete parameter in music composition, Valerio Sannicandro

 

DOMINGO 6

09h30-10h30 Keynote speech. Emmanuel Nunes’ electronic and mixed works at Ircam, Eric Daubresse (Ircam)

10h30-11h New advances in musical aesthetics and electro-acoustic possibilities: ‘Lichtung I’ and ‘Quodlibet’, Joan Riera (Universidade de Aveiro)

11h30-12h30 Keynote speech. Autour de Vieira da Silva et Emmanuel Nunes, Jean-Marc Chouvel

12h30-13h Possibilities of composing in the early 1960’s in Portugal: Observations on selected works of Emmanuel Nunes, Fernando Lopes-Graça, and Jorge Peixinho, Gilbert Stoeck (Universidade de Leipzig)

15h-16h A Relational Phenomenology of Time and Space, Lauren Redhead (Universidade de Leeds);

Sacred Temporal Model: Cultural Temporal Experience and Sound Strategies, Julia Shpinitskaya (Universidade de Helsínquia)

16h-17h30 Keynote speech. Phenomenological Philosophy within the Horizon of Music: On Emmanuel Nunes’ “Lecture ‘Musicale’ de Husserl”, Andreas Stascheidt (Universidade de Essen)

18h-19h Intervenção final. Emmanuel Nunes

Born in Lisbon, in 1941, Emmanuel Nunes is the best known living Portuguese composer, having taught at music schools in Germany (Freiburg) and Paris. Due to his various influences, Emmanuel Nunes has developed a language centred on the sound phenomenon in itself, which he sees as a profound and unique ‘apparition’. There are three fundamental references in his work: the reflection on time, the attention given to space, and the omnipresent idea of intentionality, both in the listening and in the composition. This symposium, held in honour of his 70th birthday, will explore these three themes.
© 2011 Culturgest