facebook
Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Recital a dois cravos
Ciclo Concertos no Palco
destaque
MÚSICA
SÁB 12 DE NOVEMBRO
Palco do Grande Auditório
18h · Duração aproximada: 1h10 com intervalo
10€ · Até aos 30 anos: 5€
Comprar bilhete
M12
Mais info
Folha de sala (pdf)
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Cravo Aapo Häkkinen Cravo Marcos Magalhães

Neste concerto o público poderá deleitar-se com o cravo, esse instrumento mágico que reinou por todo o barroco. Levado pelas quatro mãos dos dois cravistas.

O cravo é um mecanismo de alta precisão que resulta da arte dos construtores que o aperfeiçoaram entre os séculos XV e XVIII. Com o orgão, seu instrumento irmão, partilha a faculdade de tocar toda a música. Dos graves aos agudos, do simples ao extremamente complexo. Uma orquestra debaixo dos dedos. As cordas do universo em vibração. Beliscadas por mãos amáveis. É esse inebriamento sonoro que nos levou (a mim e ao Aapo) para o estudo do cravo e que aqui buscamos em dose dupla. Esperemos também que o possamos respeitosamente transmitir ao público.

Marcos Magalhães

 

Aapo Häkkinen iniciou os seus estudos de cravo em Helsínquia, em Amesterdão com Bob van Asperen e em Paris com Pierre Hantaï. Várias vezes premiado, tem-se apresentado como solista, músico de câmara ou maestro por toda a Europa, Israel, Estados Unidos e México, em festivais e salas de grande prestígio.

Gravou inúmeros CD’s para seis editoras. É director artístico da Orquestra Barroca de Helsínquia.

 

Marcos Magalhães estudou em Lisboa e no Conservatório Nacional de Música de Paris com grandes cravistas. Desenvolve há anos uma intensa actividade concertística no país e no estrangeiro. Trabalhou, entre outras, com as orquestras Gulbenkian, Metropolitana, Barroca da União Europeia. Participou em várias óperas. Fundou Os Músicos do Tejo com os quais dirigiu no CCB, com grande sucesso de público e de crítica, as óperas La Spinalba, Lo Frate ‘nnamorato e Le Carnaval et la Folie. Os Músicos do Tejo gravaram os CD’s Sementes do fado e As árias de Luisa Todi, muito saudados pela crítica.

 

 

Progama

 

François Couperin (1668–1733)

Allemande à deux clavecins

 

Gaspard Le Roux (ca.1660-1707)

Suite em Ré para dois cravos

 

J.S. Bach (1685-1750)

Fantasia em Lá menor, BWV 922

Concerto em Dó Maior, BWV 1061
Allegro; Adagio ovvero Largo; Fuga

Fantasia em Dó menor, BWV 906

 

Christoph Schaffrath (1709-1763)

Duetto II em Lá menor
Allegro; Adagio; Allegro

 

Mário Laginha (1960)

Peça para dois cravos (estreia mundial)

 

G.F. Händel (1685-1759)

Concerto grosso em Lá menor op. 6/4 – Arranjo de Enrico Baiano
Larghetto Affetuoso; Allegro; Largo e Piano; Allegro

Like the organ, the harpsichord can play all music. An orchestra beneath one’s fingers. Its inebriating sound led me and Aapo to study the harpsichord and today we offer you a double dose.
Marcos Magalhães

Aapo Häkkinen studied harpsichord in Helsinki, Amsterdam and Paris, winning several awards as a soloist, chamber musician and conductor. He is currently Director of the Helsinki Baroque Orchestra.
Marcos Magalhães studied harpsichord in Lisbon and Paris, playing many concerts in Portugal and abroad. He has worked with many different orchestras and made several highly praised recordings.
© 2011 Culturgest