facebook
Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Filament(o)
Ciclo Vinte e sete sentidos
Organização: Granular
destaque
© Olaf Hirschberg
INSTALAÇÃO PERFORMANCE
QUA 16 DE NOVEMBRO
Sala 2
18h30 · Duração aprox. 50 min.
3,5€ (preço único)
Comprar bilhete
M12
Mais info
vitorjoaquim.pt
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Granular é uma estrutura financiada pela Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes

apoio
Concepção, composição e difusão Vitor Joaquim (laptop, controladores, acessórios acústicos)

O nosso dia a dia está cada vez mais poluído por mensagens rápidas e curtas. O que não é intenso e recortado, não se afirma. A sensação de estar, e sobretudo estar sem tempo, está cada vez mais alheada de nós. Vivemos num mundo povoado de informação e ao mesmo tempo em risco de permanente ignorância.

Não nos damos o tempo de parar, respirar e continuar a estar. Sentimo-nos constantemente compelidos a avançar em direcção a algo. Quer essa coisa seja absolutamente vital para nós, ou completamente inútil. As frases curtas dominam, e só elas parecem ser efectivas. São os tempos do buzzword e do sound bite. Tempos em que a devoção está cada vez mais desligada de cada gesto que fazemos. Tudo é reduzido à noção de tarefa, tudo tem de ser fácil e lógico.

Filament(o) é um grito silencioso contra este massacre e contra as constantes imposições a que somos submetidos. Ainda temos os nossos corações para sabermos o ritmo a que devemos viver, e como devemos viver. Não precisamos de nos atirar contra o limite de nós próprios a cada momento. Temos de devolver o tempo ao tempo. Filament(o) é a minha resposta face a esta lógica implacável. Uma resposta que não é linear, que não é curta, nem rápida, nem fácil. Uma resposta que é tudo o contrário, tendo o ouvido e o ouvir como formas de chegar a uma melhor compreensão do mundo e de nós próprios.
Vitor Joaquim

 

Vítor Joaquim é improvisador electrónico, compositor e artista media. Formou-se em cinema nas áreas de som e realização. Criou para dança, teatro, instalações e multimédia. Apresenta-se regularmente ao vivo um pouco por toda a Europa, ora a solo ora em colaborações diversas com criadores das mais variadas áreas.
vitorjoaquim.pt

 

Sobre o ciclo

No seu poema An Anna Blume, Kurt Schwitters referiu-se em 1919 aos “vinte e sete sentidos” da sensorialidade – se tal pareceu então o delírio de um visionário, é finalmente uma realidade neste tempo de derrube das fronteiras entre as artes.

Já não há nichos criativos, apenas diferentes campos de acção artística que cada vez mais se encontram e se entrecruzam.

Integrando os mundos do som, da imagem e/ou do movimento, e adoptando em simultâneo os formatos de instalação e de performance, a série “Vinte e sete sentidos” abre as portas da percepção e da sinestesia.

Our daily life is increasingly polluted by short quick messages. What isn’t snappy doesn’t count. Without time to stop and breathe, we must keep moving forward in search of something, be it vital or useless. It’s the era of the buzzword and the sound bite. Filament is my silent protest against this relentless logic, neither linear, rapid nor easy, requiring people to listen instead.
Vítor Joaquim is an electronic improviser, composer and media artist, working with dance, theatre, installations and multimedia, regularly appearing live all over Europe, either alone or with other artists.
© 2011 Culturgest