facebook
Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
Carlos Barretto
Lokomotiv

destaque
© Bernardo Sassetti
JAZZ
SEX 25 DE MARÇO
Grande Auditório
21h30 · Duração: 1h10
M12 · 18 Euros
Até aos 30 anos: 5 Euros
Mais info
Folha de sala (pdf)
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Contrabaixo Carlos Barretto Guitarra Mário Delgado
Bateria e percussões José Salgueiro
Já lá vão 15 anos. Obrigado Mário e José por terem alinhado neste projecto desde o início e sobretudo por ainda cá estarem – este grupo representa praticamente metade da minha carreira profissional. Obrigado pelas loucas viagens sonoras que temos feito juntos. Vocês sempre aceitaram e acataram os meus caprichos estéticos, as minhas ideias bizarras, as minhas vontades de mudança de direcção, que nos conduziram por vezes a encruzilhadas de carácter duvidoso e nos obrigaram a rectificar o tiro antes de o barco se afundar, por minha culpa.
Eles diziam que eu era maluco, por querer experimentar isto ou aquilo. Só que ainda era mais obstinado do que maluco. Ia à mesma para a frente com a ideia que envergava, e eles lá experimentavam também. Assim caminhámos juntos por terrenos desconhecidos, às escuras, confiando uns nos outros, aprendendo a conviver com o risco e com o pânico. Com essas venturas e desventuras, ganhámos a possibilidade de crescer juntos musicalmente e de criar uma sonoridade que nos identifica, que só a nós pertence, dando-nos força e curiosidade para seguirmos juntos.
De há uns anos a esta parte, este percurso chegou a um ponto onde realmente não me sinto o líder – no sentido tradicional do termo – desta máquina musical, porque somos como um cérebro tripartido que vai cozinhando a matéria sonora conforme vão aparecendo possíveis engrenagens, propostas por cada uma das partes, e isso eu acho ser quase um milagre. A nossa experiência passada trouxe-nos as ferramentas com que no presente trabalhamos as ideias para o futuro.
Carlos Barretto
Thank you Mário and José for joining this project from the start and for still being here. This group represents almost half of my working life. You have always accepted my whims, bizarre ideas and changes of direction, which sometimes meant that we had to do a U-turn before it all fell apart because of me.
They said I was mad, but really I was obstinate. I went ahead with my ideas. We ventured blindly into the unknown together, trusting each other, learning to live with risk and panic. And so we grew together musically and create our own sound. I no longer see myself as leader, because together we develop what each of us proposes. Our experience has created the tools for working out our future ideas.
Carlos Barretto
© 2011 Culturgest