Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
CONFERÊNCIA
1ª Conferência de Internacionalização da Música Portuguesa e Lusófona
destaque
© Mark Evans
SEG 1 DE OUTUBRO
Pequeno Auditório
das 9h30 às 19h
30€
Conferência com tradução simultânea português/francês.
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
apoio

apoio

apoio

apoio
apoio
Organização Musica.pt, Culturgest
Apoio Institut français, Portugal
Portugal é conhecido como o país do fado. Mas o nosso Portugal contemporâneo é mais do que o fado; hoje em dia Portugal é o passado e o futuro, com toda uma nova geração de artistas, dos mais variados estilos e estéticas, da música erudita, ao metal de Moonspell, passando pelo blues-folk de Frankie Chavez; do pop de David Fonseca e Rita Redshoes ao one-man band The Legendary Tigerman; passando pelas histórias de sucesso de grandes nomes como Madredeus e Mariza.
Em qualquer mercado exportador de música, os principais motores da internacionalização são os artistas e as suas equipas profissionais mais próximas: os seus managers e agentes. Também é habitual, se espreitarmos os exemplos ingleses e canadianos, encontrar algumas editoras (tipicamente associadas às Associações de Labels Independentes) participantes nos Export Offices desses países. Mas são os managers que fazem os contactos iniciais para a exportação, são os agentes que andam pelas feiras; são assumidamente os protagonistas na internacionalização da música do seu país.
A internacionalização da música e dos artistas de um determinado país movimentam não só as várias indústrias musicais (concertos, edições, etc.) bem como toda a economia envolvente a essas atividades, desde a hotelaria aos fabricantes. Como tal, a cultura é uma atividade de interesse público não só pelo seu valor intrínseco, reconhecido pela vasta maioria dos países desenvolvidos, mas também pelo seu valor económico e potencial de desenvolvimento de um grande número de setores.
Portugal is known as the country of fado. But today’s Portugal is more than that; it is both the past and the future, with a whole new generation of musicians, of varying styles and tastes. In any music export market, the main driving forces are the musicians themselves, along with their managers and agents. The internationalisation of a country’s music and artists not only revitalises its music industries, but also the economy as a whole. Culture is therefore of great public interest, not only because of its intrinsic value, but because of the potential development it brings to many sectors.
Carbonozero
© 2012 Culturgest