Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
JAZZ
Jim Black Trio
 
destaque
© Paul LaRaia
© Paul LaRaia
SEX 2 DE NOVEMBRO
Grande Auditório
21h30 · Duração: 1h30
18€ · Até aos 30 anos: 5€
M3
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Bateria Jim Black Contrabaixo Christopher Tordini Piano Elias Stemeseder

Jim Black (n. 1967, Seattle, Washington) está na linha da frente da geração de músicos que trouxeram o jazz para o século XXI. É, sem dúvida, um dos mais influentes bateristas do nosso tempo.
O público português aficionado do jazz conhece-o bem pela sua participação, com o guitarrista Frank Mobüs, no trio Azul, liderado por Carlos Bica.
Black lidera os seus próprios grupos, faz parte do coletivo Pachora e colabora como sideman com grandes músicos como Tim Berne, Ellery Eskelin, Dave Douglas, Uri Cane, Dave Liebman, entre muitos outros.
Recentemente criou um novo trio com dois jovens músicos, o pianista austríaco Elias Stemeseder e o contrabaixista americano Thomas Morgan, neste concerto substituído por outro grande músico, Christopher Tordini.
Juntos gravaram o álbum Somatic para a reputada editora Winter & Winter.
Com este trio, diz, “tento ir na direção oposta ao AlasNoAxis [banda que lidera há vários anos]. Enquanto que com Alas a música que fazemos é tributária da energia, dos ritmos e das texturas do rock, a música que escrevi para este trio revela diferentes maneiras de abordar os ritmos do swing e, obviamente, da improvisação acústica e da estrutura das canções. Mais influenciada pelo jazz e pelos desertos do Mali do que os Sonic Youth…”
O concerto desta noite é baseado nesse álbum, que teve um entusiástico acolhimento por parte da crítica. Merecido: é um magnífico disco, lírico e subversivo, surpreendente para quem conhece a obra anterior de Black.

 

 

Um jazz acústico de aparência clássica mas profundamente original e singular (…) Um trio impressionante pela sua força criativa e a sua coesão, capaz de tocar em registos muito variados, misturando peças melodiosas, impressionistas e sonhadoras, com outras com formas mais complexas e uma energia rítmica brutal e desestruturada.
L. Eskenasi in Jazz Magazine Jazzzman, janeiro 2012

 

Black juntou um grupo notavelmente intuitivo que produz uma efetiva mistura de acessibilidade fácil e difícil às suas composições, uma combinação que mantém o ouvinte preso, intrigado e surpreendido.
P. Margasak in Downbeat, junho 2012

Seattle-born Jim Black is undoubtedly one of the most influential contemporary jazz drummers and well-known to Portuguese fans for his work with Trio Azul, led by Carlos Bica. His newly-formed trio with pianist Elias Stemeseder and bassist Thomas Morgan recently recorded the album Somatic, seeking to go in the opposite direction to his previous band AlasNoAxis, by moving from rock rhythms to swing and acoustic improvisation – “influenced more by jazz and the deserts of Mali than by Sonic Youth”. Tonight’s concert will be based on that highly-acclaimed, lyrical and subversive album.
Carbonozero
© 2012 Culturgest