Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
CONFERÊNCIA
Mário Moura
Ciclo de conferências
destaque
Contracapa da Dot Dot Dot nº 7
SÁB 21 DE ABRIL
Pequeno Auditório
18h30
Entrada gratuita
Levantamento de senha de acesso
1 hora antes da sessão, no limite dos lugares disponíveis.
Máximo: 2 senhas por pessoa.
A senha permite a entrada gratuita nas exposições no próprio dia, entre as 17h30 e as 18h30.
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.

Dot Dot Dot, Dexter Sinister

Em 2003, a revista Dot Dot Dot publicou um curto ensaio da autoria de Mark Owen e David Reinfurt, com o título “Group Theory – A Short Course in Relational Aesthetics”. Ilustrado por retratos coletivos de alguns dos ateliers de design, arte e arquitetura mais marcantes do século XX, propunha-se descobrir nestas fotografias, nas suas poses evidentemente encenadas perante a câmara, indícios de diferentes filosofias criativas, estruturas empresariais ou hierarquias laborais.

Pelo modo minucioso como se fundamentavam os argumentos, como se referenciava a bibliografia, este ensaio poderia passar por uma comunicação académica, não fosse o primeiro dos retratos de grupo apresentados o de uma firma de design não identificada posando à volta de uma mesa de reuniões. Mas a simples presença daquela imagem discreta, que não chega sequer a ser mencionada no ensaio, vem abalar a sua gravidade académica, fazendo-o oscilar de modo indeciso entre a ciência e a fraude, a seriedade e humor.

Nesta conferência procurar-se-ão objetos que demonstram como uma ilustração, uma imagem, a disposição de uma página ou a encadernação de um livro podem, por si sós, lançar a dúvida sobre os argumentos mais sólidos, as hierarquias mais estáveis e as ciências mais exatas. Falar-se-á, por exemplo, de um estudo vitoriano sobre legibilidade tipográfica que pode ou não ser uma complicada sátira, da sua improvável ligação a um guia de conversação para viajantes produzido por métodos pouco ortodoxos, ou dos livros do excêntrico tipógrafo amador Paulo de Cantos.

Esta é a última de uma série de seis conferências de Mário Moura, que teve início em outubro do ano passado. A ideia de partida para cada uma destas conferências foi escolher um objeto, um livro, que permitisse, por sua vez, apontar para outros objetos, outros livros, mas também para exposições, filosofias, políticas, etc.

 

Mário Moura é crítico de design e professor nas Faculdades de Belas-Artes das Universidades do Porto e de Lisboa.

This will be the last of a series of six monthly lectures (held in Portuguese) by Mário Moura. In each of these lectures, the starting point is the choice of an object, a book, which in turn can direct attention towards other objects, other books, but also towards exhibitions, philosophies, politics, etc.

Mário Moura is a design critic and teacher at the Fine Arts Faculties of Porto and Lisbon Universities.

Carbonozero
© 2012 Culturgest