Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
CONFERÊNCIAS
Recuperação e reabilitação de salas de espetáculos
destaque
©
SEGUNDAS-FEIRAS
14, 21, 28 DE MAIO
E 4 DE JUNHO
Sala 2
18h30
Entrada gratuita
Levantamento de senha de acesso 30 minutos antes do início da sessão, no limite dos lugares disponíveis. Máximo: 2 senhas por pessoa.
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
apoio apoio

apoioapoio

apoio

Patrocínios
apoio apoio hci

As salas de espetáculos têm por natureza uma grande importância social e urbana. Os teatros de construção mais antiga, em particular, estão normalmente implantados no centro histórico das cidades e fazem parte da memória coletiva dos seus habitantes. No entanto estas salas mostram-se, com frequência, desadequadas às necessidades cénicas atuais. Para além da modernização do equipamento, pode ser necessária a ampliação das áreas cénicas ou a criação de novos espaços, indo de encontro às necessidades das produções contemporâneas.

A imagem que o público tem de uma sala de espetáculos baseia-se sobretudo nas áreas a que tem acesso, existindo um grande desconhecimento de tudo o que se passa nos bastidores. Um teatro é um todo complexo que não termina na cortina da boca de cena; pelo contrário, começa da cortina para trás. E se a questão estética é importante, não se podem deixar de salvaguardar as questões técnicas e cénicas que tornam os espetáculos possíveis. É necessário adequar os edifícios à legislação atual de segurança, tendo em conta também a acessibilidade e o conforto. São requisitos bastante exigentes que obrigam a intervenções profundas. Depois é necessário recuperar os públicos e restabelecer um relacionamento com a população que se interrompeu durante o período em que a sala esteve fechada em processo de recuperação.

Neste ciclo de conferências dedicadas à recuperação e reabilitação de salas de espetáculos pretende fazer-se uma abordagem a esta problemática, através de diferentes pontos de vista. A primeira conferência será dedicada às questões arquitetónicas e funcionais, a segunda aos aspetos construtivos e de restauro, a terceira ao papel da IGAC e da extinta DGEMN (atual IHRU) e a última ao enquadramento histórico do lugar cénico.

 

14 de maio

Projetos de reabilitação e modernização de teatros

Arq. Gonçalo Louro e Arq. Francisco Pólvora

 

21 de maio

Recuperação e restauro de salas de espetáculos

Arq. Sérgio Borges e Eng. João Appleton

 

28 de maio

O papel do Estado na recuperação dos teatros

Eng. Joaquim Valente e Dra. Filomena Bandeira

 

4 de junho

Evolução do lugar cénico

Arq. Luís Soares Carneiro e Arq. Paulo Ramos

Theatres and concert halls are of great social and urban importance and have for centuries been an integrant part of the collective memory of the communities’ history and architecture. The older, historic, venues, however, are often structurally and technically inadequate to meet the requirements of contemporary production. The best idea the public is able to make of the theatre is often incomplete and distorted as it is solely based in the Front of House and does not take into consideration the artistic, structural, technical and even legal complexities surrounding any given event.

In this cycle of conferences it is our aim to approach the restoration and rehabilitation of theatres and concert halls from different viewpoints. The first conference will be focused on architectural and working issues, the second will address the matter of restoration, the third will question the role of IGAC and the last conference will be dedicated to the theatre within an historic framework.

Carbonozero
© 2012 Culturgest