Loading
arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
JAZZ
Zanussi 5
Ciclo “Isto é Jazz?” · Comissário: Pedro Costa
destaque
© Jonas J. Tomter (pormenor)
DOM 2 DE JUNHO
Pequeno Auditório
21h30 · Duração: 1h10
5€ (preço único)
M3
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Saxofones Kjetil Møster, Eirik Hegdal, Jørgen Mathisen
Contrabaixo Per Zanussi Bateria Gard Nilssen

Não é por acaso que o nome Zanussi 5 nos remete para os Vandermark 5 do outro lado do Atlântico. O quinteto do contrabaixista italo-norueguês Per Zanussi e o quinteto do saxofonista e clarinetista norte-americano Ken Vandermark são duas manifestações de uma mesma causa, a de um jazz afirmativo que deglutiu outras músicas no seu propósito de sintetizar numa só fórmula a condição metropolitana que a sustenta.

Com uma diferença: se Vandermark 5 tem uma óbvia dimensão intelectual, a Zanussi 5 interessa mais fazer a festa, sem desvios de percurso nem subterfúgios expressivos. E com uma arma poderosíssima: a frente de três saxofones com funções multiplicadas entre uníssonos, contrapontos e despiques, mais parecendo todo um naipe de sopros numa orquestra.

A música do grupo norueguês é igualmente complexa e obriga às mesmas extraordinárias capacidades performativas, mas a regra que lhe assiste está às claras: Zanussi, Møster, Hegdal, Mathisen e Nilssen pretendem, acima de tudo, divertir-se e divertir quem os ouve.

Para tal, servem-se de uma receita de deslumbrante eficácia: melodias que entram no ouvido, uma rítmica sincopante e groovy que funciona como um motor de combustão a várias velocidades, improvisações delirantes no seu superior nível de inventividade e espontaneidade, permanente introdução de elementos de absoluta surpresa e até de autoarmadilhamento e, sobretudo, muita alegria.

Tudo isto saído da cabeça de um músico, Per Zanussi, formado no Conservatório de Trodheim e na Academia de Música da Noruega que ganhou nome com a estranha banda de jazz eletrónico Wibutee e com praticamente todas as figuras em destaque da música criativa escandinava, como Arve Henriksen, Martin Kuchen, Frode Gjerstad, Mats Gustafsson, Sten Sandell e Bugge Wesseltoft.

There are obvious links between Zanussi 5, led by the Italian-Norwegian double bassist Per Zanussi and Vandermark 5 led by the American saxophonist Ken Vandermark: both are expressions of an affirmative jazz that has swallowed up other forms of music to produce a single formula that synthesises the metropolitan condition. Yet, there’s a difference: Vandermark 5 have an obvious intellectual side, while Zanussi 5 are all about partying, with no fancy tricks. The orchestral power of their three saxophones results in rhythmic and catchy tunes that are inventive, spontaneous and, above all, fun.
Carbonozero
© 2013 Culturgest