arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
MÚSICA CICLO HOOTENANNY
Budda Power Blues
 
destaque
SEG 3 DE FEVEREIRO
Pequeno Auditório
21h30 · Duração: 1h30
5€ (preço único)
M3
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Guitarras, voz Budda Bateria Nico Guedes Baixo Tó Barbot
Com quatro álbuns já gravados, os Budda Power Blues têm uma significativa trajetória. Pese a preferência do seu líder, vocalista e guitarra Budda, pelos blues, exatamente com a mesma composição o conjunto reuniu-se tocando um estilo bem mais convencional: rock! Entretanto – os blues ganharam! A bateria de Nico Guedes e o baixo de Tó Barbot renderam-se aos doze compassos e a banda iniciou uma carreira, não só em disco, mas com largo número de presenças em palco, incluindo primeiras partes de concertos como Sherman Roberts e Shemekia Copeland.
A personalidade da banda é bem marcada pelas palavras de Budda:
«O poder cru de um power trio sem truques na manga é e sempre foi a minha cena. Acho mais interessante vencer as dificuldades do que contorná-las. E uma banda pequena tem muitas dificuldades no que toca a sonoridade, diversidade e fuga à monotonia. Em trio não é possível entrar o Hammond naquela parte, ou o piano noutra, ou a secção de sopros na outra. Tudo depende de voz, guitarra, baixo e bateria. As nuances dos temas e os próprios arranjos estão à mercê desses instrumentos. E dessa forma voltamos um pouco ao conceito das raízes onde um homem só tocava guitarra e cantava e nada mais era necessário.»
Budda Power Blues have already made four albums. Although the band’s leader, singer and guitarist was a definite blues fan, the group soon began to play in a more conventional style: rock! Yet, eventually, the blues prevailed! Drummer Nico Guedes and bass player Tó Barbot surrendered to the sound of 12-bar blues and the band began a career of their own, not only recording, but also performing live and playing as the support group for several famous acts. According to Budda, the trio’s music depends entirely on the voice, bass and drums, making it easier for them to return to their roots.
© 2014 Culturgest