arquivo > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
LEITURAS
Comunidade de Leitores
por Helena Vasconcelos
destaque
Lisa Ray, Ship of Fools at Infinity. (pormenor)VER IMAGEM
QUINTAS-FEIRAS
DE 18 DE SETEMBRO
A 11 DE DEZEMBRO
Sala 1 · 18h30
Inscrições (limite 40 pessoas) na bilheteira da Culturgest, pelo telefone 21 790 51 55 ou pelo e-mail culturgest.bilheteira@cgd.pt
 
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.

"Tudo tem que mudar para que tudo fique na mesma": a máxima de Lampedusa, em O Leopardo, serve de mote, na perfeição, para esta Comunidade de Leitores, para a qual foram escolhidas obras que não obedecem, como habitualmente, a um tema específico e único. Depois de mais de uma década de regulares encontros, durante os quais se ouviram sugestões de títulos, coube aos leitores, desta feita, avançarem com as suas propostas, embora as preocupações com uma leitura crítica e "criativa" nunca se tenham afastado dos nossos propósitos. Assim, note-se que três das obras são profundamente "políticas", no sentido em que revelam o que existe de mais íntimo no ser humano em tempos de grandes convulsões sociais, convulsões essas que fornecem o pano de fundo a O Leopardo (unificação de Itália), a Sinais de Fogo (Guerra Civil de Espanha) e a A Nave dos Loucos (vésperas da IIª Grande Guerra); Duras, explicitamente escolhida no ano do centenário do seu nascimento, revela-se num relato autobiográfico, tal como autobiográficos são, tanto o romance de Huston, (um drama familiar) como os textos de Córtazar (a experiência da linguagem do cérebro vista ao espelho). Espera-nos um ciclo exigente, complexo e exaltante.

Helena Vasconcelos

 

 

18 de setembro

Sinais de Fogo, Jorge de Sena, Guimarães ed., 2009

 

9 de outubro

O Amante, Marguerite Duras, ed. Asa, 2012

 

30 de outubro

A Nave dos Loucos, Katherine Anne Porter, ed. Relógio D'Água, 2014

 

13 de novembro

Infravermelho, Nancy Huston, ed. Quetzal, 2013

 

27 de novembro

A Volta ao Dia em Oitenta Mundos, Júlio Cortázar, ed. Cavalo de Ferro, 2009

 

11 de dezembro

O Leopardo, Giuseppe Tomasi di Lampedusa, ed. Dom Quixote, 2014

"Everything must change so that everything can stay the same": Lampedusa's maxim is the perfect motto for this Book Club, where, unusually, the titles chosen do not follow a specific theme. This time, readers will pursue their own interests, although we have always insisted on a critical and "creative" form of reading. Three of the works chosen are profoundly "political" (The Leopard, Signs of Fire, Ship of Fools) revealing the human being's most intimate side in times of great social upheaval, but there is also Duras, Huston and Córtazar, in what promises to be a complex and exciting cycle.
(Helena Vasconcelos)
© 2014 Culturgest