arquivo > 2016 > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
DANÇA
projeto continuado (2015)
de João dos Santos Martins
destaque
SEX 27, SÁB 28
DE FEVEREIRO
Palco do Grande Auditório
21h30 · Duração: 2h15
12€ · Até aos 30 anos: 5€
M12
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
De João dos Santos Martins Em colaboração com Ana Rita Teodoro, Clarissa Sacchelli, Daniel Pizamiglio, Filipe Pereira, Sabine Macher Piano Simão Costa Luz Ricardo Campos Produção Associação Parasita Apoio à produção e difusão Circular Associação Cultural Coprodução Culturgest, Centro Cultural Vila Flor, CCN de Montpellier Languedoc-Roussillon no contexto do projeto Life Long Burning subsidiado pelo programa Cultura da União Europeira Residências artísticas CCN de Montpellier Languedoc-Roussillon, Centro de Criação de Candoso, EIRA, Musibéria, O Espaço do Tempo Apoio Câmara Municipal de Santarém/Teatro Sá da Bandeira

Em 2011 tive a oportunidade de participar, em contexto pedagógico, na reinterpretação da peça Continuous Project – Altered Daily (1970) de Yvonne Rainer, a partir de arquivos disponíveis e testemunhos de artistas. Nesse momento, surgiram tensões de trabalho que viriam a materializar-se na peça em si: um processo de trabalho transformado em experiência estética que reivindicava o labor coreográfico enquanto produto artístico. Estava literalmente em causa a forma como um grupo de indivíduos interagia e negociava um conjunto de ações entre si, num processo que tanto era naturalizado quanto induzido coreograficamente. Neste projeto, continuado, damos seguimento a esta "ideia" de coreografia enquanto tecnologia que verifica, ativa e transforma relações entre indivíduos. Recorrendo a objetos da história da dança, aos seus contextos e ideologias, e à sua relação com música, procurámos rever e operar sobre a forma como a coreografia e a dança estabelecem padrões ideológicos que fixam ou colocam em questão os regimes éticos e estéticos dominantes.

João dos Santos Martins

 

 

João dos Santos Martins trabalha como coreógrafo e intérprete desde 2008. Criou Le Sacre du Printemps (2013) com Min Kyoung Lee e Masterpiece (2014). Colaborou em Tropa Fandanga (2014) do Teatro Praga e Retrospectiva por Xavier Le Roy. É intérprete em Monument 0 (Hunted by wars 1913-2013) de Eszter Salamon.

In 2011, João Martins played a role in the reinterpretation of Yvonne Rainer's 1970 work Continuous Project – Altered Daily. Tensions arose that were later materialised in the performance itself: an aesthetic experience that viewed the choreographic labor as an artistic product. In this continued project, the artist sought to pursue the idea of choreography as a technology that actively transforms interpersonal relations. Here he seeks to take a fresh look at the way in which choreography and dance can establish ideological patterns that question the dominant ethical and aesthetic paradigms.
© 2015 Culturgest