arquivo > 2016 > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
TEATRO
Eurovision +
Israel + Tear Gas
Três espetáculos de Pedro Zegre Penim para o Teatro Praga
destaque
© Steve Stoer (pormenor)VER IMAGEM
SEX 13, SÁB 14, DOM 15
DE FEVEREIRO
Sex 13
Tear Gas (21h30)
Sáb 14
Eurovision (19h)
Israel (21h30)
Dom 15
Eurovision (17h)
Israel (19h)
Tear Gas (21h30)

Bilhete para um espetáculo:
12€ (até aos 30 anos: 5€)
Bilhete para dois espetáculos diferentes: 15€
Bilhete para os três espetáculos: 18€
M12
Na sexta-feira dia 13, após o espetáculo, haverá uma conversa com Pedro Zegre Penim na Sala 1.
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
O Teatro Praga é uma estrutura apoiada pelo Governo de Portugal, Secretário de Estado da Cultura, Direção-Geral das Artes.

I'm a dog shit ashtray / I'm a shrugging moustache, wearing a Speedo tuxedo / I'm a movie with no plot, written in the backseat of a piss-powered taxi / I'm an imperial armpit, sweating Chianti / I'm a toilet with no seat, flushing tradition down / I'm socialist lingerie, I'm diplomatic techno / I'm gay pastry and racist cappuccino / I'm an army on holiday in a guillotine museum / I'm a painting made of hair on a nudist beach eating McDonald's / I'm a novel far too long / I'm a sentimental song / I'm a yellow tooth waltzing with wraparound shades on. / Who am I? / I am Europe.

Chilly Gonzales

 

Estes espetáculos não foram pensados como trilogia. Só quando já estava em ensaios do que viria a ser a terceira parte (Tear Gas, em estreia absoluta na Culturgest, depois das versões iniciais apresentadas em Paris no Festival 360˚ do Nouveau Théâtre de Montreuil e nos Chantiers d'Europe do Théâtre de la Ville) é que as três peças trocaram energia e momento.

Decidi chamar-lhe, de modo oficioso, I AM EUROPE, título de uma canção de Chilly Gonzales. Ela consegue aquilo que tento em cada um destes espetáculos, que acompanham dez anos da minha vida artística e pessoal: forjar e expor uma identidade a meio caminho entre a reflexão sobre uma herança cultural judaico-cristã (da qual, mesmo que queira, nunca me consigo desligar) e a minha biografia, material sempre presente no teatro que faço.

É também um processo recorrente no Teatro Praga (e o que vou apresentar na Culturgest não são espetáculos "tipo Praga", como as salsichas "tipo Frankfurt"), as tensões entre o universal e o doméstico ou entre o mistério e a razão (George Steiner chama-lhe "a tensão entre gregos e judeus"). Mas nesta trilogia talvez esse jogo dúplice – a Europa e Eu – se materialize de forma mais visível por ser um trabalho eminentemente individual.

I AM EUROPE é um retrato a três velocidades de um mapa antropomórfico.

Pedro Zegre Penim

These shows were not thought of as a trilogy. Only when rehearsals were already under way for the last piece, Tear Gas, did the three shows exchange energy and momentum. I decided to call them, unofficially, I AM EUROPE, the title of a song by Chilly Gonzales that achieves what I am attempting to produce in these performances: to build up and exhibit an identity that lies halfway between a Jewish-Christian cultural legacy and my own biography. This is a recurrent process in the work of Teatro Praga, the tensions between the universal and the domestic or between mystery and reason (George Steiner calls it "the tension between Greeks and Jews"). Europe and Me: I AM EUROPE is a portrait of an anthropomorphic map at three different speeds. (Pedro Zegre Penim)
© 2015 Culturgest