arquivo > 2016 > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
TEATRO / DANÇA
E se tudo fosse amarelo?
de Sílvia Real
destaque
© Bruno Cochat (pormenor)VER IMAGEM
SÁB 12, DOM 13
DE SETEMBRO
Pequeno Auditório
16h · Duração: 1h
2,5€ (preço único)
M6
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Direção artística Sílvia Real Cocriação Bruno Cochat Direção musical Sofia Sequeira Cocriação musical Rute Prates Desenvolvimento de textos/filosofia com crianças Rita Pedro Assessoria pedagógica e dramatúrgica Bárbara Ramires Desenho de luzes Frank Laubenheimer Reflexão e diálogo curatorial Catarina Saraiva Design gráfico Carlos Bártolo Operação de Luzes Carlos Ramos Vídeo promocional Bruno Canas Gravação da banda sonora Moz Carrapa Interpretação e cocriação Filomena Araújo, Helena Araújo, Jasmim Mandillo, Laura Sequeira, Miguel Fabião, Nuno Pelágio, Vicente Magalhães Coprodução principal Culturgest Coprodução secundária Festival Músicas do Mundo (Sines) Produção Real Pelágio Produção executiva Sílvia Real Apoio administrativo EIRA Apoios Centro de Formação Artística / Teatro da Voz; EIRA e Escola Voz do Operário / Graça Vídeolivro BOCA – palavras que alimentam (em produção) Agradecimentos Pais de todas as crianças envolvidas, Rosa Peliças, António Pedro e Sérgio Pelágio
Este projeto é o primeiro espetáculo com um grupo de crianças e adultos a ser ensaiado no Centro de Formação Artística no Teatro da Voz em Lisboa.
Circulação do projeto 2015/2016 em parceria com Festival Músicas do Mundo, Teatro Virgínia, Teatro Cine de Torres Vedras, Teatro da Voz, Festival Verão Azul, Festival Materiais Diversos, Serralves em Festa

Começámos com o conceito de conflito, andámos à volta de histórias com espartanos e gregos (a partir do livro Uma pequena história do mundo, de E.H. Gombrich). Brincámos à volta de algumas reivindicações que as crianças têm para com os seus pais e para com o mundo em geral. Depois evoluímos para uma nova ideia – o erro. E se não quiséssemos sempre "apagar" os erros, mas sim, sublinhá-los e, a partir disso, construirmos juntos um espetáculo? (…) Este projeto nunca teve uma vertente única de formação artística para crianças. A minha intenção sempre foi, desde o início, realizar mais um espetáculo no meu percurso artístico, mas, desta vez, em cocriação com um grupo de crianças. (…) Este espetáculo é para mim muito ambicioso, um investimento pessoal e artístico desde há 4 anos. Tive o privilégio de fazer um trabalho contínuo com a maioria das crianças que estão ainda no grupo. Inicialmente trabalhei com uma turma do 1.º ciclo da Escola Voz do Operário (cerca de 2 anos), depois entraram mais algumas crianças durante o último ano. Neste momento o grupo está consolidado. São 7 crianças entre os 12 e 14 anos, cheias de talento e muito empenhadas.

Sílvia Real

 

A convite da Culturgest, este espetáculo contém uma componente laboratorial. Os laboratórios configuram-se como oficinas práticas, de três horas diárias, destinadas a crianças entre os 6 e os 12 anos e orientadas pela equipa artística que concebe o espetáculo. Procuram aproximar o público e testar a compreensão e empatia dos destinatários com as temáticas presentes no espetáculo. As oficinas realizam-se entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro.

Based on E.H. Gombrich's A Little History of the World, we began with the concept of conflict, playing with the demands that children make of their parents and the world in general. Then we moved on to another idea – error. What if, instead of "erasing" our mistakes, we joined them together in a show? Four years of work resulted in a co-creation with a group of eight highly talented-children, aged 11-13. This show also has a practical component of workshops three hours a day (31 August - 4 September) for 6 to 12 year olds, where they can test their understanding of the themes contained in the show.
© 2015 Culturgest