LEITURAS
Comunidade de Leitores
Atmosferas
por Helena Vasconcelos
destaque
Ekaterina Panikanova. Errata Corrige #2234, 2013 (pormenor)VER IMAGEM
QUINTAS-FEIRAS DE 14 DE JANEIRO A 7 DE ABRIL
Sala 1 · 18h30
Inscrições na bilheteira da Culturgest, pelo telefone
21 790 51 55 ou pelo e-mail culturgest.bilheteira@cgd.pt
Lotação: 40 participantes
 
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.

A afirmação de que a Literatura define o espírito de um tempo, num determinado espaço, numa determinada geração, numa determinada conjuntura tornou-se, há muito, um cliché. No entanto, nunca é demais enfatizar que a "ficção" é, literalmente, a "realidade" possível, graças ao engenho de escritores e escritoras que, no ato de captar determinadas "atmosferas", nos convocam para a reflexão sobre o mundo e sobre tudo o que faz parte da dinâmica do universo. As obras incluídas nesta Comunidade são muito diferentes entre si – metade delas definem um tempo violento, a outra metade momentos pacíficos (embora exaltantes) – mas convergem num ponto: a mestria dos respetivos autores e autoras.

A convulsa Nápoles da misteriosa Elena Ferrante, o Alentejo profundo de Mário de Carvalho, o espaço mental dos membros da família Ramsay, em Virgínia Woolf, a América durante a Depressão de Marylinne Robinson, o quotidiano banal dos carrascos dos campos de concentração nazis, em Martin Amis, e a desumanidade dos trabalhos forçados na obra de Flanagan serão certamente pretextos pertinentes para longas conversas e muita discussão.

Helena Vasconcelos

 

 

14 de janeiro

A Amiga Genial, Elena Ferrante, ed. Relógio D'Água

 

4 de fevereiro
Zona de Interesse, Martin Amis, ed. Quetzal

 

25 de fevereiro
Lila, Marilynne Robinson, ed. Presença

 

3 de março

Rumo ao Farol, Virginia Woolf, ed. Relógio D'Água

 

31 de março

A Senda Estreita para o Norte Profundo, Richard Flanagan, ed. Relógio D'Água

 

7 de abril

Fantasia para Dois Coronéis e uma Piscina, Mário de Carvalho, Porto Editora

 

One can never overemphasise that "fiction" is literally the "reality" made possible by the genius of writers in capturing certain "atmospheres". The works read by this book club all agree on one point: the mastery of their authors. Elena Ferrante's convulsive Naples, Mário de Carvalho's deepest Alentejo, the mental space of the Ramsay family, in Virginia Woolf, Marylinne Robinson's America during the Depression, the banal everyday life of the executioners in the Nazi concentration camps, in Martin Amis, and the inhumanity of forced labour in Flanagan will certainly stimulate long discussions.
© 2016 Culturgest