arquivo > 2016 > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
TEATRO
Isolde
de Richard Maxwell / New York City Players
destaque
© New York City Players (pormenor)VER IMAGEM
SEX 15, SÁB 16 DE JANEIRO
Grande Auditório
21h30 · Duração: 1h25
15€ · Jovens até aos 30 anos e desempregados: 5€
Desconto especial: Bilhete conjunto de 18€ para os dois espetáculos de Richard Maxwell (desconto não acumulável).
M12
Em inglês, com legendas.

Na sexta-feira 15, após o espetáculo, haverá uma conversa com os artistas na Sala 1.

Folha de sala (pdf)
Informações
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Escrita e encenação Richard Maxwell Com Jim Fletcher, Tory Vazquez, Gary Wilmes e Brian Mendes Cenografia Sascha van Riel Figurinos originais Romy Springsguth Figurinos adicionais Kaye Voyce Coordenação de iluminação Zack Tinkelman Diretor técnico Dirk Stevens Produção Regina Vorria Excerto sonoro Daniel Ott, interpretado por Sylwia Zytynska, Lanet Otero, Malte Preuss Estreia americana 10 de abril de 2014, Abrons Arts Center, Nova Iorque

Isolde é uma peça inspirada na lenda de Tristão e Isolda, sobre a memória, a identidade, o efémero e a infidelidade.

O casamento de Patrick e Isolde parece ser feliz. Patrick é dono de uma bem-sucedida empresa de construção, e Isolde é uma atriz famosa. Mas Isolde vai deixando de ser capaz de se lembrar das suas falas. Quando decide construir a casa dos seus sonhos, o marido está desejoso de ajudar. Mas o projeto é posto em risco por Massimo, um arquiteto premiado que Isolde contrata.

 

Richard Maxwell (nascido em West Fargo, North Dakota, 1967) é dramaturgo e encenador. Depois de frequentar a Illinois State University em Normal, mudou-se para Chicago e foi um dos fundadores do Cook County Theater Department. Mudou-se para Nova Iorque em 1994. É atualmente diretor artístico dos New York City Players. Recebeu as bolsas Guggenheim e da Foundation for Contemporary Arts e foi artista convidado da Whitney Biennial e artista Doris Duke em 2012. Recebeu dois Obies e em 2014 o prémio Spalding Gray. As suas peças foram coproduzidas por alguns dos principais teatros e festivais europeus e americanos.

 

 

A milagrosa Isolde do autor-encenador Richard Maxwell é um paradigma de contenção (…). A seca tragicomédia pinta a aguarela, em aguadas pálidas que nos saturam a perceção muitas horas depois. (…) Esta Isolde é mais tchekhoviana do que operática, o sangue quente arrefecido pelo humor, a autoironia, a doçura, o remorso.

Helen Shaw, Time Out New York, 14 de abril de 2014

 

A escrita de Maxwell é belíssima, e por vezes muito divertida, e o estilo de representação parece maravilhosamente verdadeiro: enquanto espécie, é bem provável que sejamos assim desencarnados.

Trish Deitch, The New Yorker, 6 de setembro de 2015

 

Isolde is a play inspired by the legend of Tristan and Isolde, about memory, identity, the ephemeral and infidelity. The marriage of Patrick and Isolde appears to be happy. Patrick is the owner of a successful construction company, and Isolde is a star actress. But Isolde finds herself increasingly unable to remember her lines. When she decides to build her dream house, her husband is eager to help. But the project is jeopardized by Massimo, an award-winning architect whom Isolde hires.

Richard Maxwell (born in West Fargo, North Dakota, 1967) is a playwright and director. After attending Illinois State University, he moved to Chicago and became a founding member of the Cook County Theater Department. He moved to New York in 1994. He is currently the artistic director of New York City Players.

© 2016 Culturgest