arquivo > 2016 > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
TEATRO
Loveable
de Plataforma285
destaque
© Rosana Pereira (pormenor)VER IMAGEM
DE SEX 24 A TER 28
DE JUNHO
Pequeno Auditório
21h30 (dom às 17h)
Duração: 30m - 2h
12€ · Jovens até aos 30 anos
e desempregados: 5€
M12
Informações
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
apoio

apoio apoio

apoio

apoio

apoio

apoio

apoio apoio
Direção artística e dramaturgia Raimundo Cosme Cocriação e interpretação Cecília Henriques, Paula Sá Nogueira, Paulo Lages e um One-Man-Show Direção musical e sonoplastia Isabelle Coelho Apoio à construção musical Cláudio Teixeira Cocriação e cenografia Rosana Pereira Cocriação e figurinos Marta Passadeiras Desenho de luz Sara Garrinhas Maquilhagem Rúdi Fernandes Direção de produção Mariana Sá Marques Estagiários de produção Gabriel Lapas, Nuno Violante, Tiago Nunes Coprodução Plataforma285, Culturgest Apoio às residências artísticas Cão Solteiro, Espaço do Tempo Apoios Lx Factory, Sonder

Estou no segundo depois do anúncio. Suspiro e sinto-me incluído: "Vai começar e dependem de mim." Eles. Os heróis, os que chegam no meio do nevoeiro – sempre o nevoeiro. Belos. Bélicos. Prontos para o ataque e eu com tanto amor para dar. O circo está montado e eu, no segundo depois do segundo, interesso-me – é tudo tão interessante! Estou consciente. Sou consciente. Sou um mestre na arte de decidir.

Temo tremer no momento da aplicação do meu direito. Devo intervir. É tudo tão horrível! Doem-me os dedos. Tenho pesadelos com tantos efeitos! E até aqui só mediocridade. Nem uma pontinha de sangue. Bem-vindo ao jogo da vida real. Da arte real. Do nu-artístico. One day you're in, the next day you're out. Auf Wiedersehen!

Loveable não pretende ser admissível, aceitável ou suportável. Quer que o amem, que o contemplem, num mundo desligado de discussão. Este é um espetáculo onde a responsabilidade é inteiramente do público. É ele que decide a sua continuação (talvez decida mesmo o seu não-início). Em cena, intérpretes, músicos e cerejas-no-cimo-do-bolo disputam o "tempo de antena", incitando o público a adorar. Lutam pelo seu interesse. Lutam para serem amados. Loveable quer ser interessante – e isso importa?

Originalmente fundada por Raimundo Cosme e Cecília Henriques (atores que já estiveram na Culturgest em Day for Night de Cão Solteiro & André Godinho), Plataforma285 (agora com mais quatro cúmplices) é uma companhia que deve o seu nome ao orçamento em euros do primeiro espetáculo que criou, em 2011.

Loveable does not claim to be admissible, acceptable or bearable. It wants to be loved, to be contemplated, in a world that is disconnected from discussion. This is a show where the responsibility is entirely on the side of the audience. It is they who decide upon its continuation (they may even decide upon its non-beginning). On stage, actors, musicians and the icing on the cake all fight over "air time", inciting the audience to love them. They fight for their own interest. They fight to be loved. Loveable wants to be interesting – and does that matter?
© 2016 Culturgest