arquivo > 2016 > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
JAZZ
Trojnik
Ciclo "Isto é Jazz?" · Comissário: Pedro Costa
destaque
© Nada Zgank (pormenor)VER IMAGEM
QUA 12 OUTUBRO
Pequeno Auditório
21h30 · Duração: 1h
5€ (preço único)
M6
Informações
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Bateria Vid Drašler Contrabaixo, eletrónica Tomaž Grom Saxofone tenor Cene Resnik
Pouco conhecemos neste lado da Europa do que vai acontecendo no jazz e na música improvisada da Eslovénia. Se as vindas a Portugal (com idas à Galiza nas mesmas ocasiões e semelhantes resultados) de Zlatko Kaucic fazem parte da nossa história, culminando numa apresentação do baterista com Peter Brotzmann nos concertos que há poucos anos tiveram lugar na Cafetaria Quadrante do CCB, e se as mais recentes aparições da pianista Kaja Draksler, a sós ou ao lado de Susana Santos Silva, fizeram-se notar, o certo é que na antiga Jugoslávia muito mais existe e importa conhecer. É o caso do trio Trojnik, reunindo três figuras exponenciais daquelas paragens, o saxofonista Cene Resnik, o contrabaixista Tomaž Grom e o baterista Vid Drašler. A imprensa eslovena tem hesitado na maneira como os apresenta, ora juntando o prefixo "pós" ao rótulo free jazz para distinguir o grupo do que normalmente se faz nessa área, ou afirmando mesmo que os Trojnik estão a introduzir um novo género musical. Provavelmente, nem é muito importante chegar a uma conclusão, valendo mais o que fazem com os seus instrumentos. Expõem as entranhas destes, em composições instantâneas que têm tanto de visceral na expressão quanto de consistente na forma. Pois é altura de descobrir melhor o que se entende em Ljubljana como improvisação, e ninguém melhor do que o comissário do ciclo "Isto é Jazz?", Pedro Costa, para nos proporcionar isso mesmo, dado que é também codiretor artístico do Ljubljana Jazz Festival.
Little is known over here about the jazz and improvised music scene in Slovenia. In Portugal, we have seen drummer Zlatko Kaucic playing with Peter Brotzmann at the CCB, and more recently pianist Kaja Draksler, but there's still much more music to be discovered in this part of ex-Yugoslavia. The Trojnik trio (Cene Resnik on sax, Tomaž Grom on bass and Vid Drašler on drums), for instance, sometimes described as "post"-free jazz or as an entirely new musical genre. Who better than Pedro Costa, artistic co-director of the Ljubljana Jazz Festival, to bring us the best of Slovenian improvisation?
© 2016 Culturgest