arquivo > 2016 > 2015 > 2014 > 2013 > 2012 > 2011 > 2010 > 2009 > 2008 > 2007
TEATRO
Blind Cinema
Cinema Cego de Britt Hatzius
destaque
(pormenor)VER IMAGEM
SEG 7, TER 8, QUA 9 NOVEMBRO
Pequeno Auditório (lotação reduzida) · 19h · Dur.: 40min.
12€ · Jovens até aos 30 anos e desempregados: 5€
M14
Em português.

Folha de sala (pdf)
Informações
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Direção, conceito Britt Hatzius Dramaturgia Ant Hampton Filme Britt Hatzius, Simon Arazi Produção do filme (filme, som) Boris Belay, Maxim, Anne Haaning, Dunkan Speakman Conceção técnica, assistência de produção (vendas, geringonças) Maria Koerkel, Gert Aertsen Produtora criativa Katja Timmerberg Coprodução Vooruit, Beursschouwburg e Bronks Estreia 24 de agosto de 2015, Forest Fringe, Filmhouse de Edimburgo

O público está vendado no escuro de uma sala de cinema. Atrás de cada fila de espectadores está uma fila de crianças que, em voz baixa, descrevem um filme que só elas conseguem ver. Acompanhadas pela banda-sonora (que não tem diálogo), as descrições sussurradas são uma tentativa frágil, fragmentária e por vezes esforçada mas corajosa por parte das crianças de atribuir sentido ao que veem no ecrã.

Baseado no método de audiodescrição, Blind Cinema é, enquanto acontecimento ao vivo, uma experiência em que o ato de ver um filme se torna um investimento partilhado: um ato colaborativo da imaginação entre crianças que veem e adultos vendados. É bem-vinda a noção de que tentar encontrar as palavras certas para descrever e tentar fixar as imagens criadas na mente será sempre uma aproximação. Dizer por palavras de modo a partilhar experiências implica uma luta, que parece estar mais próxima das crianças que estão em plena descoberta dos limites e potencialidades da linguagem.

Cada grupo de crianças verá o filme pela primeira vez. Assim, cada apresentação envolve um novo grupo de crianças de Lisboa com idades entre os 9 e os 11 anos.

 

Britt Hatzius trabalha com fotografia, vídeo, cinema e performance, explorando ideias em volta da linguagem, interpretação e o potencial para discrepâncias, ruturas, desvios e (in)comunicação.

In the darkness of a cinema space, the audience sits blindfolded. Behind each row of audience members is a row of children who in hushed voices describe a film only they can see. The whispered descriptions are a fragile, fragmentary and at times struggling but courageous attempt by the children to make sense of what they see projected on the screen. Based on the method of audio description, Blind Cinema as a live event is an experience where the act of watching a film becomes a shared investment: A collaborative and imaginative act between seeing children and blinded adults.

The film will be seen by each group of children for the first time. Hence, each performance will involve a new group of local children aged between 9 and 11.

© 2016 Culturgest