JAZZ
Ricardo Toscano e João Paulo Esteves da Silva
Ciclo "Jazz +351" · Comissário: Pedro Costa
destaque
© Flávio Pereira (pormenor)VER IMAGEM
SEX 24 FEVEREIRO
Pequeno Auditório
21h30 · Duração: 1h
6€ (preço único)
M6
Informações e reservas
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Ticketline
Reservas e informações:
1820 (24 horas)
Pontos de venda: Agências Abreu, Galeria Comercial Campo Pequeno, Casino Lisboa, C.C. Dolce Vita, El Corte Inglés, Fnac, Megarede, Worten e www.ticketline.sapo.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Saxofone alto Ricardo Toscano Piano João Paulo Esteves da Silva

Ricardo Toscano e João Paulo Esteves da Silva não podiam ser músicos mais diferentes, ainda que pertençam ambos à cena nacional do jazz. O jovem saxofonista está totalmente virado para a herança afro-americana deste género musical, tanto em termos estilísticos (a sua adesão ao legado do bop e do hard bop) como nos mais profundamente estéticos, verificáveis inclusive na sonoridade nova-iorquina do seu alto. O pianista tem procurado dar ao jazz uma identidade portuguesa, recorrendo ao repertório da tradição rural do País ou a velhos temas sefarditas que reflitam as componentes árabes e judaicas que marcam a nossa cultura. Um encontro entre os dois não é, pois, algo de propriamente óbvio, ainda que possa ser explicado pela admiração que Toscano dedica aos tratamentos da «harmonia à portuguesa» (expressão por si utilizada) por parte de Esteves da Silva e pelo sempre renovado interesse que este dirige às raízes do jazz, tão bem representadas pelo seu mais jovem parceiro.

Este novo duo tem um fator extra de interesse: reúne dois músicos de capacidades muito acima do normal. Ricardo Toscano vem sendo apontado como um "menino-prodígio" do saxofone, tendo os seus estudos sido realizados, em regime de sobredotado, na Escola Superior de Música de Lisboa, depois de ter passado pela Escola de Jazz Luís Villas-Boas.
João Paulo Esteves da Silva fez o Curso Superior de Piano com a nota máxima e partiu depois para o Conservatoire de Rueil-Malmaison, em Paris, tendo aí sido agraciado com a Medaille d'Or, o Prix Jacques Dupont, o Prix d'Excellence e o Prix de Perfectionement.

Se o primeiro está em fulgurante início de carreira, aguardando-se para breve o lançamento do seu primeiro álbum (um duplo em que também se dará a conhecer como compositor), o outro já tem um percurso de grande relevo, com o CD a solo Memórias de Quem como o ponto mais alto de uma carreira de sucessos somados.

Despite both belonging to the national jazz scene, Ricardo Toscano (sax) and João Paulo Esteves da Silva (piano) could not be more dissimilar as musicians. The former is stylistically and aesthetically linked to jazz's Afro-American legacy, the latter to Portugal's rural tradition and the old Sephardic music. Toscano, the new "wonder-kid" on the saxophone, is just starting out and shortly to release his first album; Esteves da Silva already enjoys a long and distinguished career. Their playing together as a duo is therefore far from obvious, but they are both undeniably exceptional musicians.
© 2017 Culturgest