DANÇA
Tôzai!...
de Emmanuelle Huynh
destaque
© Marc Domage (pormenor)VER IMAGEM
SEX 7, SÁB 8 ABRIL
Grande Auditório
21h30 · Duração: 56 min.
15€ · Jovens até aos 30 anos
e desempregados: 5€
M12
Na sexta-feira 7, após o espetáculo, haverá uma conversa com os artistas na Sala 1.

Folha de sala (pdf)

Emmanuelle Huynh : Tôzai !... | Dans les coulisses
Informações e reservas
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Ticketline
Reservas e informações:
1820 (24 horas)
Pontos de venda: Agências Abreu, Galeria Comercial Campo Pequeno, Casino Lisboa, C.C. Dolce Vita, El Corte Inglés, Fnac, Megarede, Worten e www.ticketline.sapo.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Apoio no âmbito do foco sobre a criação contemporânea francesa em 2017

apoio

apoio
Conceção e coreografia Emmanuelle Huynh Colaboração e assistência Pascal Queneau Sonografia Matthieu Doze Luzes Sylvie Garot Dispositivo cénico Jocelyn Cottencin Recursos Isabelle Launay Colaborador na pesquisa no Japão Patrick De Vos Direção técnica Cristophe Poux, Ludovic Rivière, Virginie Galas Figurinos Elisabeth Tensorer, Jocelyn Cottencin Construção e interpretação Katerina Andreou, Jérome Andrieu, Bryan Campbell, Volmir Cordeiro, Madeleine Fournier, Emmanuelle Huynh Bailarinas associadas ao trabalho Lisa Miramond, Sonia Garcia Produção Plateforme Mùa Coprodução Centre national de danse contemporaine – Angers, L'apostrophe – scène nationale de Cergy-Pontoise et du Val d'Oise, Théâtre Garonne – scène européenne, Toulouse, Le Théâtre scène nationale de Saint-Nazaire, le Manège de Reims, Le Musée de la Danse / Centre chorégraphique National de Rennes et de Bretagne, Centre Chorégraphique National de Caen en Normandie, Centre Chorégraphique National de Grenoble no âmbito do acolhimento em estúdio 2014, le Centre chorégraphique national Montpellier Languedoc-Roussillon Apoio Ambassade de France / Institut français du Japon, Collectif Danse Rennes Métropole e Arcadi Île-de-France. Compagnie MUA é subsidiada pelo Ministère de la Culture et de la Communication, no âmbito das companhias de dança de impacto nacional e internacional Estreia 2 de outubro de 2014, Théâtre Garonne, Toulouse
Revelação e abertura de cortinas e depois o grito «Tôzaiiii…»: é assim que começam os espetáculos de bunkaru, no Japão. Emmanuelle Huynh retém, desta tradição teatral japonesa que data do século XVII, a atenção, a ritualização do momento de expectativa que precede a subida da cortina, o primeiro movimento. A coreógrafa explora a gestualidade da preparação, a génese do movimento, essa dança escondida nas dobras da cortina que é encarnada pelos seis intérpretes de Tôzai!… Os corpos expressam a excitação, a espera que passa do frenesim das danças livres de Joséphine Baker ao controlo e à precisão ordenada da tradição, dobrando-se e desdobrando-se e desenvolvendo gestos vindos de longe, de há muito tempo, ou ainda por vir.
The curtain opens to the shout of "Tozaiiii…": this is how bunkaru shows start in Japan. From this 17th-century tradition, Emmanuelle Huynh retains the ritual expectancy before the curtain rises – the first movement. She explores the gesturality of the preparation, the genesis of the movement, that dance hidden in the folds of the curtain and embodied by the six dancers. Their bodies express the excitement, the waiting that passes from the frenzy of Josephine Baker's free dances to the ordered precision of tradition, folding and unfolding with gestures from afar, from long ago or yet to come.
© 2017 Culturgest