DANÇA
Cristina Planas Leitão
UM [unimal]
destaque
© Cristina P. Leitão · Design gráfico: Eduardo Ferreira (pormenor)VER IMAGEM
SEX 18, SÁB 19 MAIO
Palco do Grande Auditorio
21h30 · Duração: 1h
12€ · Jovens até 30 anos e desempregados: 5€
M14
Conversa pós-espetáculo
Sáb 19 maio · Dur: 45 min.
Com: Filipa Lowndes Vicente (investigadora no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa), Cristina Planas Leitão, Daniela Cruz e Cárin Geada
Informações
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Ticketline
Reservas e informações:
1820 (24 horas)
Pontos de venda: Agências Abreu, Galeria Comercial Campo Pequeno, Casino Lisboa, C.C. Dolce Vita, El Corte Inglés, Fnac, Megarede, Worten e www.ticketline.sapo.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
apoio
Direção artística e coreografia Cristina Planas Leitão Interpretação Daniela Cruz Desenho de luz e direção técnica Cárin Geada Sonoplastia Flávio Rodrigues Desenho do espaço sonoro Pedro Lima Apoio dramatúrgico Catarina Miranda e Victor Hugo Pontes Figurino Micaela Larisch e Cristina Planas Leitão Aconselhamento e apoio na comunicação Joana Ferreira Produção executiva Célia Machado e Cristina Planas Leitão Difusão Teresa Camarinha Coprodução Culturgest, Teatro Municipal do Porto e Teatro Aveirense Coapresentadores Teatro Académico de Gil Vicente, Casa das Artes de Famalicão e Teatro Municipal de Faro Residências e apoio à criação MD Kollektiv (Colónia), Dance Ireland (Dublin), Teatro Nacional São João, Centro Danza Canal (Madrid), Materiais Diversos / Grand Studio Brussels, O Espaço do Tempo, Bora Bora (Aarhus), Companhia Instável, NAVE (Santiago), 23Milhas / Câmara Municipal de Ílhavo Apoio financeiro Ministério da Cultura / Direção-Geral das Artes e Fundação Calouste Gulbenkian Apoio Institucional Ministério da Cultura, Direção Regional de Cultural do Norte e Casa das Artes de Famalicão

UM [unimal] é um solo que invoca a ideia de como um só corpo pode representar um coletivo e história comuns, através de uma macro-pesquisa sobre o lugar da dança, especificamente das danças de resistência, dos movimentos políticos e sociais e do seu impacto na nossa sobrevivência e manifestação dos corpos de hoje. Esta peça pretende investigar uma fisicalidade contínua, no virtuosismo do seu limite, através de um corpo que luta pela permanência em palco e cuja perseverança e exaustão contaminam e atraem, tal como o gladiador na arena, o maratonista em competição ou um solitário alpinista na sua escalada.

Trabalha-se o binómio danças de resistência / resistência na dança. Através de comandos e instruções ao vivo, transmitidas à intérprete durante toda a peça, por sistema in-ear, questionam-se conceitos como autoria, autoridade, liberdade e liderança.

UM [unimal] invokes the idea that just one body can represent a common collective and history, examining the place of dances of resistance, of political and social movements (appearing as a structured and collective force against established authority), and their impact on our survival and the manifestation of today's bodies. Through a body that fights to remain on stage and whose perseverance and exhaustion contaminate and attract, just like a gladiator in the arena, a marathon runner or a solitary mountain climber, it questions such concepts as authorship, authority, freedom and leadership.

© 2018 Culturgest