JAZZ
Alexander Hawkins
Ciclo “Isto é Jazz?” · Comissário: Pedro Costa
destaque
© Francesca Patella (pormenor)VER IMAGEM
SEX 8 JUNHO
Pequeno Auditório
21h30 · Duração: 1h
6€ (preço único)
M6
Informações
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Ticketline
Reservas e informações:
1820 (24 horas)
Pontos de venda: Agências Abreu, Galeria Comercial Campo Pequeno, Casino Lisboa, C.C. Dolce Vita, El Corte Inglés, Fnac, Megarede, Worten e www.ticketline.sapo.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.

Por motivos de doença, a cantora Sofia Jernberg não irá atuar esta noite. O pianista Alexander Hawkins dará um concerto a solo.

Piano Alexander Hawkins

O duo Musho (palavra em amárico, a língua oficial da Etiópia, aplicada para referir uma canção triste) junta num projeto de características sui generis uma cantora sueca de ascendência etíope com percurso no jazz e na música erudita contemporânea, Sofia Jernberg, e um pianista e organista britânico de formação clássica e atividade nos meios do jazz criativo e da improvisação livre, Alexander Hawkins. Melodias etíopes da tradição judia, muito diretas e imediatas, são o mote para o desenvolvimento de explorações abstratas com foco na improvisação.

O projeto é de gestação recente, tendo surgido a público no festival Bimhuis, em Amesterdão, no ano de 2016, mas as referências de ambos na música da Etiópia vinham de trás. No caso de Jernberg muito naturalmente, completadas pelos estudos que fez com o mestre Hailu Mergia, mas também pelo lado de Hawkins, um antigo discípulo de Mulatu Astakte. Daí resulta uma música de contornos invulgares e especialmente amiga do ouvido que agora temos também por cá a oportunidade de conhecer.

Musho (meaning "sad song" in Amharic, the official language of Ethiopia) are a unique duo composed of Swedish singer, Sofia Jernberg, of Ethiopian descent, with a background in jazz and contemporary erudite music, and classically-trained British pianist and organist, Alexander Hawkins, schooled in creative jazz and free improvisation. Jernberg studied with the master Hailu Mergia, while Hawkins is a disciple of Mulatu Astakte. Using direct and immediate Ethiopian melodies from the Jewish tradition as the focal point for improvisation, their unusual music is especially pleasant on the ear.

© 2018 Culturgest