Álvaro Lapa

Lendo resolve-se: Álvaro Lapa e a literatura
Álvaro Lapa, Auto Auto-Retrato, 1972 © Laura Castro Caldas/Paulo Cintra.

Curadoria: Óscar Faria

 

Os Cadernos de Escritores são uma série de pinturas de Álvaro Lapa realizadas entre 1975 e 2005, um ano antes da sua morte. Lendo resolve-se parte dessa série e sublinha os constantes reenvios que o artista promovia entre pintura e literatura, numa tentativa de descodificar a sua obra enigmática, marcada pela constante ideia de atrito. Trata-se também de salientar a idiossincrasia de um dos projetos mais relevantes da arte portuguesa do século XX através das homenagens a autores maiores — Homero, Pessoa, Kafka, William Burroughs ou Beckett — realizada por Lapa ao longo de 30 anos.

Organizada por ordem cronológica e partindo da revolução de abril de 1974, a mostra faz remissões para trabalhos anteriores ou para criações relacionadas com os 21 nomes homenageados pelo artista nos seus “cadernos” — as pinturas que evocam os hipotéticos cadernos de escritores —, na primeira apresentação exaustiva desse conjunto. 

O catálogo inclui informação e iconografia inéditas e será um instrumento fundamental para o estudo da obra de Álvaro Lapa. 

18 JAN
– 19 ABR 2020

Galeria
3€
Entrada gratuita aos domingos

INAUGURAÇÃO

17 JAN SEX 22:00

Terça a Domingo
11:00–18:00

Partilhar Facebook / Twitter