Gabriel Ferrandini

Volúpias com Alexander von Schlippenbach
© António Júlio Duarte.

Há uns anos havia uma forte convicção da futura importância de Gabriel Ferrandini no jazz nacional; hoje temos a certeza e testemunhamos uma aguerrida crença numa particular e idiossincrática visão da arte total. Nos últimos anos, a tentacularidade da sua música em diversos contextos foi admirável: em solos de percussão de sublime design sonoro; nas artes performativas, dando à música um poderoso papel principal; como compositor e absoluto líder das suas ideias para a improvisação coletiva. Foi justamente na série de concertos Volúpias das Cinzas — realizados em 2017 pela Zé dos Bois — que Ferrandini colocou em prática esse desejo de escrita, partilhando-a com Pedro Sousa e Hernâni Faustino, músicos muito familiares na sua trajetória. Dessa aventura resultou Volúpias, fenomenal disco de jazz que mostra a ambição e o esmero de Ferrandini em deixar uma marca que merece intrometer-se noutras esferas, deixando as portas escancaradas para um admirável mundo novo que voltará a assombrar-nos.
E o melhor exemplo da irrequieta ambição de Gabriel Ferrandini está na estreia de Volúpias ao vivo, expandindo-se gloriosamente para um quarteto e recebendo o mestre Schlippenbach sobre o desígnio de Monk.
 

17 SET 2019
TER 21:00

Comprar Bilhetes
Grande Auditório
12€ (descontos)
M/6

bateria e percussão

Gabriel Ferrandini

Contrabaixo

Hernâni Faustino

saxofone tenor

Pedro Sousa

piano

Alexander von Schlippenbach

Gabriel Ferrandini  estreia Volúpias ao vivo na Culturgest
Gabriel Ferrandini estreia Volúpias ao vivo na Culturgest
Videoclip Volúpias
Videoclip Volúpias
Partilhar Facebook / Twitter