Paisagens Partilhadas

Paisagens Partilhadas

Caroline Barneaud e Stefan Kaegi

Paisagens Partilhadas

Caroline Barneaud e Stefan Kaegi

Com obras de Chiara Bersani & Marco D'Agostin, El Conde de Torrefiel, Sofia Dias & Vítor Roriz, Begüm Erciyas & Daniel Kötter, Stefan Kaegi, Ari Benjamin Meyers, Émilie Rousset

Da tarde ao pôr-do-sol, passamos um dia na natureza para explorar as planícies e a floresta da Quinta do Pisão, no Parque Natural Sintra-Cascais, e descobrir sete projetos artísticos em diálogo com a paisagem. O encenador suíço Stefan Kaegi, do coletivo Rimini Protokoll, e a curadora artística Caroline Barneaud convidaram dez artistas de países europeus para partilharem a sua visão da paisagem natural. Esculturas musicais, intervenções teatrais, áudio-guias filosóficos e uma experiência de realidade virtual criam um acontecimento coletivo inesquecível. À medida que entramos em paisagens imaginárias que despertam os nossos sentidos e mapeiam o que pode e o que não pode ser observado, mergulhamos numa investigação surpreendente sobre a relação entre seres humanos e o seu ambiente, entre a natureza e a cultura.

Paisagens Partilhadas faz parte do projeto europeu Performing Landscape, resultado de uma colaboração com instituições e organizações de Espanha, Itália, Portugal, Áustria, Eslovénia, Alemanha, Suíça e França. Artistas, instituições culturais e cientistas desenvolvem uma reflexão sobre as noções de arte, paisagem e território, ao mesmo tempo que desenham um mapa visível e invisível dos diferentes lugares europeus que visitam, desvendando os espaços que partilham através do prisma das artes e das ciências. Uma forma diferente de olhar e reinventar a Europa em conjunto. A Quinta do Pisão em Cascais será a “paisagem partilhada” portuguesa deste projeto europeu.

© Chloe Cohen.
© Chloe Cohen.
© Sarah Imsand.
© Chloe Cohen.
© Chloe Cohen.
© Léonard Rossi.
© Chloe Cohen.

29 JUN 2024
SÁB 15:00

30 JUN 2024
DOM 15:00

06 JUL 2024
SÁB 15:00

07 JUL 2024
DOM 15:00

13 JUL 2024
SÁB 15:00

14 JUL 2024
DOM 15:00

Comprar Bilhetes
Local: Quinta do Pisão, Cascais
  Bilhete: 10€ com autocarro gratuito de ida e volta incluído (descontos) + Lunchbox disponível 10€ na compra do bilhete (menu salmão, frango, vegetariano)      
Duração percurso de 7 horas, com intervalo | evento bilingue em português e inglês
M/12

INFO BILHETES
 

BILHETE + BUS LISBOA

BILHETE + BUS CASCAIS

BILHETE SIMPLES

 

A viagem de ida e volta até à Quinta do Pisão é realizada de autocarro e está incluída gratuitamente no bilhete do espetáculo. Existem dois pontos de encontro:

1. Em Lisboa na Culturgest (Rua Arco do Cego, 50) às 14:00

2. Em Cascais na paragem de autocarro M44 na Estação de Comboios de Cascais, às 14:30

O autocarro partirá pontualmente à hora indicada.

Desaconselha-se vivamente o uso de viatura própria para chegar ao local. Os lugares de estacionamento na Quinta do Pisão são muito limitados e quando o parque de estacionamento fica completo não há alternativa. Poderá, no entanto, comprar um bilhete simples sem transporte.

INFO LUNCHBOX


Lunchbox disponível 10€ na compra do bilhete (opcional, sem descontos, disponível até 48h antes do espetáculo).

Ao escolher o dia deverá selecionar uma das seguintes opções:

1. Menu Salmão: Bagel de salmão fumado, rúcula e queijo creme + Empada de legumes + Croquete vegetariano

2. Menu Frango: Bolo do caco com frango grelhado, cebola caramelizada + Empada de galinha + Croquete de vitela

3. Menu Mozzarela: Baguete de sementes com tomate, mozzarela e molho pesto + Empada de legumes + Croquete vegetariano
 
Haverá água, sumos, fruta e bolos fatiados, que serão distribuídos gratuitamente durante o piquenique (19:30).
 
AVISO Não é possível comprar esta lunchbox, nem qualquer outra comida, na Quinta do Pisão.

INFORMAÇÕES PRÁTICAS

O QUE LEVAR?

Embora o percurso não apresente dificuldades de maior e inclua vários momentos de repouso (para os espetáculos e para o piquenique), é bom ter em conta que estará ao ar livre durante 7 horas.

É importante vestir-se de acordo com as condições meteorológicas, preparando-se para um passeio que acontece ao longo de todo dia e de noite. Não se esqueça de levar: garrafa de água, calçado confortável fechado, um boné, um casaco para a noite, protetor solar, repelente de mosquitos e alguns snacks.

À chegada será entregue um kit com: auscultadores, manta e um banco portátil (opcional). O kit deverá ser devolvido no final do evento.

O espetáculo decorre em todas as condições meteorológicas e apenas será cancelado em caso de condições meteorológicas extremas. Nesse cenário, será notificado por SMS ou e-mail, e, sendo possível, a sua reserva será transferida para outra data.

 

COMO DECORRE O DIA?

O percurso completo tem a duração de 7 horas ao ar livre. Cada peça dura cerca de 40 min. As distâncias entre as peças são relativamente curtas (entre 5 e 15 min. de caminhada). A caminhada é feita em grupo, atravessando campos e estradas de terra, com algumas subidas e descidas com pavimento irregular. O último espetáculo terminará já de noite e o autocarro para Lisboa ou Cascais, está incluído na compra do bilhete.

No percurso, haverá um momento de pausa às 19:30 para comer e descansar.

A equipa da Culturgest estará disponível ao longo de todo o evento para guiar e ajudar, se necessário.

 

BEBER E COMER

A dois terços do percurso, por volta das 19:30, haverá um piquenique. A Culturgest disponibiliza gratuitamente água, sumos, fruta e bolo fatiado nesse momento. É possível encomendar uma lunchbox por 10€, aquando a compra do bilhete para o espetáculo, tanto na bilheteira física da Culturgest, como na Ticketline (poderão escolher entre três opções: Menu Salmão: Bagel de salmão fumado, rúcula e queijo creme + Empada de legumes + Croquete vegetariano; Menu Frango: Bolo do caco com frango grelhado, cebola caramelizada + Empada de galinha + Croquete de vitela; Menu Mozzarela: Baguete de sementes com tomate, mozzarela e molho pesto + Empada de legumes + Croquete vegetariano). A lunchbox estará disponível no local do piquenique, mediante apresentação do comprovativo de compra. Não é possível comprar esta lunchbox, nem qualquer outra comida, na Quinta do Pisão. Caso prefira, pode levar a sua própria comida. Existem apenas dois pontos de água disponíveis para encher a sua garrafa reutilizável. Poderá fazê-lo no início e no fim do percurso, assim como no local do piquenique.

 

COMO CHEGAR?

A viagem de ida e volta até à Quinta do Pisão é realizada de autocarro e está incluída no bilhete do espetáculo. Existem dois pontos de encontro:

1. Em Lisboa na Culturgest (Rua Arco do Cego, 50) às 14:00

2. Em Cascais na paragem de autocarro M44 na Estação de Comboios de Cascais, às 14:30

O autocarro partirá pontualmente à hora indicada. Em ambos os pontos haverá assistentes da Culturgest a receber o público e a acompanhar a viagem de autocarro.

Desaconselha-se vivamente o uso de viatura própria para chegar ao local. Os lugares de estacionamento na Quinta do Pisão são muito limitados e, quando o parque de estacionamento fica completo não há alternativa. Se ainda assim, decidir ir ter diretamente à Quinta do Pisão, informamos que deverá chegar no máximo até às 15:00.

Além dos autocarros disponibilizados pela Culturgest, é possível chegar à Quinta do Pisão utilizando os autocarros M2, M10, M14 e M44.
 

CASAS DE BANHO E LIXO

Existem casas de banho no início e fim do percurso e no local do piquenique.

É estritamente proibido deixar lixo na Quinta do Pisão. Há caixotes do lixo no ponto do piquenique. Guarde, por favor, consigo o seu lixo, de forma a não sujar o espaço.

 

ACESSIBILIDADE

Na Quinta do Pisão está disponível para cada sessão do espetáculo Paisagens Partilhadas uma cadeira de rodas elétrica todo-o-terreno Quadrix para pessoas com mobilidade condicionada, sendo recomendável que venham acompanhadas no dia do espetáculo. Esta cadeira de rodas permite acompanhar todo o percurso.

A viagem de ida e volta até à Quinta do Pisão pode ser realizada de autocarro e está incluída gratuitamente no bilhete do espetáculo. No entanto, estes autocarros não têm plataforma elevatória para acesso de pessoas em cadeiras de rodas, pelo que a entrada e saída do veículo não será realizada de forma autónoma. Poderá adquirir um bilhete simples, sem transporte incluído, indo ter diretamente à Quinta do Pisão.

A disponibilidade da cadeira é sujeita a confirmação e deverá ser reservada. Solicitamos ainda a indicação se precisa de lugar de estacionamento: culturgest.bilheteira@cgd.pt.

Há desconto de 50% nos bilhetes para o espetáculo para pessoas com deficiência ou Surdas e acompanhante.
 

O ESPETÁCULO É ADEQUADO PARA CRIANÇAS?

Embora as peças não tenham sido especificamente concebidas para um público infantil, nenhuma das peças contém cenas de violência ou linguagem inadequada. No entanto, desincentivamos a presença de crianças até aos 10 anos, devido à duração e às especificidades do evento.

Performing Landscape cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia

Cofinanciado União Europeia

Criação do conceito financiada pela Federal Agency for Civic Education (Alemanha)

BPB

Com o apoio da INVR Berlin para os óculos de realidade virtual

INVR Berlim

Apoio

Quinta do PisãoAmbiente CascaisCascais

Apoio viaturas

Locarent

Parcerias Media

Antena 1Antena 3Rádio FuturaCanal 180

Conceito e curadoria

Caroline Barneaud, Stefan Kaegi

Com peças de

Chiara Bersani e Marco D’Agostin (Itália), El Conde de Torrefiel (Espanha), Sofia Dias e Vítor Roriz (Portugal), Begüm Erciyas e Daniel Kötter (Turkey, Belgium, Germany), Stefan Kaegi (Germany, Switzerland), Ari Benjamin Meyers (Germany), Émilie Rousset (France)

Produção e coordenação

Isabelle Campiche, Aline Fuchs (Théâtre Vidy-Lausanne)

Coordenação do projeto europeu

Performing Landscape, Chloé Ferro, Monica Ferrari, Lara Fischer (Rimini Protokoll)

Assistência artística

Giulia Rumasuglia, Magali Tosato

Direção técnica

Guillaume Zemor

Técnico de vídeo

Liza Ravelomanantsoa

Adereços

Matthieu Dorsaz

Figurinos

Machteld Vis

Produção

Rimini Apparat (Germany), Théâtre Vidy-Lausanne (Switzerland)

Coprodução

Performing landscape, consórcio europeu com: Bunker e Festival Mladi Levi (Eslovénia), Culturgest (Portugal), Festival d’Avignon (França), Tangente St. Pölten – Festival für Gegenwartskultur (Áustria), Temporada Alta (Espanha), Zona K e Piccolo Teatro di Milano Teatro d’Europa (Itália).
Berliner Festspiele (Alemanha)

Apresentação em Portugal

Coprodução

Culturgest

Intérpretes locais 

Peça Chiara

Inês Cóias (atriz)
Catarina Sousa (atriz)
Teresa Silva (voz off)

Peça Emilie

Teresa Coutinho (assistente de encenação e atriz)
Leonor Cabral (atriz)
Edgar Martinho (tractorista)

Peça Stefan

Hugo Gonçalves (meteorologista)
Patricia Câmara (psicanalista)
Naíma Marques (criança)
David Belo (técnico florestal)
Madalina Petre (cantora)

Orquestra da Câmara Portuguesa

Marta Vilaça (flauta)
Álvaro Correia Pinto (saxofone tenor e soprano)
Rita Nunes (saxofone alto e barítono)
Tiago Pagaimo (trombone)
Carolina Godinho (trompete)
João Aibéo (tuba e direção musical)

Investigadora associada

Joana Braga

Direção de produção

Mariana Cardoso Lemos

Produção

Clara Troni, Leonor Barra, Jorge Epifânio, Sara Cavaco

Assistente de produção

Nuno Cunha

Direção técnica

Carlos Ramos

Técnicos

Guilhermer Pompeu, Nuno Alves, Vasco Branco, Pedro Noronha, Pedro Sousa

Técnico de vídeo

Frederico Mota

Técnicos de som

Ricardo Guerreiro, Sérgio Cardoso, Joaquim Ponte

Direção Comunicação 

Catarina Medina

Produção gráfica

Helena César

Assessoria de imprensa

Débora Pereira

Comunicação digital

Raquel Nunes

Angariação de públicos

Inês Lampreia

Assistente de comunicação

Carolina Luz

Tradução

David Swift, Jane Moloney, Teresa Silva

Com o apoio

Quinta do Pisão, Cascais Ambiente – Gestão do Ambiente Terrestre e Marítimo, EMAC – Empresa Municipal de Ambiente de Cascais.

Parceria

Orquestra de Câmara Portuguesa

 

Todas as peças são traduzidas, adaptadas e reencenadas com equipas locais, músicos, atores e especialistas locais.

 

Performing Landscape é cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia.

A fase de criação e desenvolvimento do conceito foi financiada pela Federal Agency for Civic Education (Alemanha).

Partilhar Facebook / Twitter