João dos Santos Martins

João dos Santos Martins

É Obra

João dos Santos Martins

É Obra

Derivativa do italiano, a palavra opera significa trabalho no duplo sentido: o labor de fazer algo e o seu resultado. Opera remete tanto ao trabalho operático num teatro quanto ao trabalho operário numa fábrica. “Trabalho” e “performance” estão intimamente ligados.

É Obra explora a relação entre dança e trabalho. Se a ópera é característica de um esforço de convivência de linguagens, É Obra explora diferentes sistemas da língua — a oral, a escrita e a gestual — como matéria para fazer o corpo ressoar e transbordar enquanto textura, sensualidade e sensação.

Centrando-se em ideias de tradução da língua em corpo e paisagem, este trabalho pesquisa como criar estrutura coreográfica através da própria dança, ao invés de a coreografia produzir a dança. Fazendo interagir gesto, signo e som, procura-se expandir o corpo à sua condição social mais imanente, movendo-se em direção à carne.

© sd, sa, coleção privada.

16 MAI 2024
QUI 21:00

17 MAI 2024
SEX 21:00

18 MAI 2024
SÁB 19:00

Comprar Bilhetes
Auditório Emílio Rui Vilar

14€ (descontos)
Duração Apróx 1h30
M/12

SESSÃO COM AUDIODESCRIÇÃO
18 MAI
SÁB 19:00

Audiodescrição no contexto do projeto Pensar a Audiodescrição para a Dança Contemporânea, da Associação Parasita.

Apoio

Antena 3Rádio Futura

Autoria

João dos Santos Martins

Interpretação

Adriano Vicente, Ana Rita Teodoro, Connor Scott, João dos Santos Martins, Natacha Campos, Noel Quintela, Sofia Kafol e Teresa Silva

Figurinos

Constança Entrudo

Luz

Filipe Pereira e Joana Mário

Produção e administração

João dos Santos Martins, Lysandra Domingues, Sofia Lopes | Associação Parasita

Coprodução

Associação Parasita, Culturgest, Teatro Municipal do Porto

Residências

Espaço Parasita, Estúdios Victor Córdon, O Espaço do Tempo, PRO.DANÇA

A Parasita é uma estrutura apoiada pela República Portuguesa: Cultura / DGArtes Direção-Geral das Artes

Partilhar Facebook / Twitter