Teatro Griot

O Riso dos Necrófagos

Teatro Griot

O Riso dos Necrófagos

O Riso dos Necrófagos começa nos vestígios da Guerra da Trindade encontrados na ilha de São Tomé, pela encenadora Zia Soares e pelo músico Xullaji, nas bocas dos que a viveram e dos que a ouviram contar, relatos de memórias desfocadas pela passagem do tempo. 

Nesta guerra os mortos foram amontoados em valas comuns ou no fundo do mar, num exercício de violência, perpetrado pelo invasor que acredita que, ao despojar os mortos dos seus nomes, os condena ao esquecimento. Mas para os santomenses, são presenças na ilha como símbolo encarnado e, para celebrá-los, anualmente no dia 3 de fevereiro, cumprem um itinerário ritualístico, desfilando ao longo de várias horas numa marcha amplificadora de falas, cantos, risos e sons que saem de corpos convulsos.

O Riso dos Necrófagos é prolongamento desse percurso celebratório, entrópico, onde os atuantes manipulam tempos e imagens, desossam e riem do delírio, reconfigurando os vestígios e os fragmentos do morticínio, a partir da ideia de celebração - a festa, a liturgia e os aspetos ritualísticos do quotidiano.

O Teatro GRIOT é uma companhia de atores cujo trabalho se desenvolve a partir da tensão entre corpo e território, imaginários coletivos e individuais, operando num espaço de intersecção de territórios geográficos e simbólicos como ponto nevrálgico de um movimento artístico de contra-memória.

20 ABR 2021
TER 19:00

21 ABR 2021
QUA 19:00

22 ABR 2021
QUI 19:00

23 ABR 2021
SEX 19:00

Comprar Bilhetes
Grande Auditório
14€ (descontos)
Duração 2h30 aprox.
M/14

Cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia no âmbito do projeto Create to Connect, Create to Impact

Create do Connect

Com o apoio

Antena 3

Parceria

RTP Palco

DIREÇÃO

Zia Soares

TEXTO

Alda Espírito Santo, Conceição Lima, Zia Soares

com

Benvindo Fonseca, Binete Undonque, Daniel Martinho, Lucília Raimundo, Mick Trovoada, Neusa Trovoada, Vera Cruz, Xullaji, Zia Soares

música ORIGINAL

Xullaji

cenário e figurinos

Neusa Trovoada

Confeção de figurinos

Tradução para forro: Solange Salvaterra Pinto

DESENHO DE LUZ

Jorge Ribeiro

movimento

Lucília Raimundo

apoio ao movimento

Marcus Veiga

construção e montagem de cenário 

Carlos Caetano - Construções Ilimitadas

confeção de figurinos 

Aldina Jesus Atelier

fotografia

Sofia Berberan

vídeo

António Castelo

design gráfico

Neusa Trovoada

produção executiva 

Célia Pires

produção

Teatro GRIOT

coprodução

Culturgest

apoios

Academia Arte&Dança, Associação Mén Non, Batoto Yetu, Câmara Municipal Moita, Carlos Caetano - Construções Ilimitadas, Centro Cultural Malaposta, DeVIR/CAPa - Centro de Artes Performativas do Algarve, Foundation Obras, Hangar, Junta de Freguesia Misericórdia, Khapaz, Polo Cultural Gaivotas Boavista, República Democrática de São Tomé e Príncipe - Embaixada em Portugal, ROÇAMUNDO-Associação para Cultura e Desenvolvimento, TerranoMedia.

O Teatro GRIOT é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal – Ministério da Cultura/Direção-Geral das Artes e pela Câmara Municipal de Lisboa

Partilhar Facebook / Twitter