Tânia Carvalho

Tânia Carvalho

Versa-vice

Tânia Carvalho

Versa-vice

Tânia Carvalho faz parte de um grupo crescente de artistas do nosso país que desenvolvem e apresentam os seus trabalhos a nível internacional. É regularmente convidada para criar coreografias para companhias de bailado, não só pela CNB, como também pelas conceituadas companhias de bailado de Lyon e de Marselha. Estes convites prendem-se com a sua conceção inusitada e audaz do corps de ballet, desenhando coreografias de grupo a partir de um caleidoscópio de estilos, do romantismo ao expressionismo e à dança contemporânea.

A coreógrafa requisita livremente conceitos do teatro, da mímica, do cinema e da pintura para construir um vocabulário muito próprio, evocando um universo denso e estranhamente emotivo.

© Rui Palma.

18 MAI 2023
QUI 21:00

19 MAI 2023
SEX 21:00

20 MAI 2023
SÁB 19:00

Comprar Bilhetes
Auditório Emílio Rui Vilar
14€ (descontos)
M/6

sessão escolar no dia 17 às 15:00

Biografia Tânia Carvalho

 

Tânia Carvalho (1976) nasceu em Viana do Castelo e vive em Lisboa. Como coreógrafa, com uma carreira de mais de vinte anos de criação, tem tido presença regular em teatros, festivais e residências artísticas, dentro e fora de Portugal. Fez criações para outras companhias, como o Ballet de l’Opera de Lyon (Xylographie), a Company of Elders, em Londres (I Walk, You Sing), a Companhia Nacional de Bailado (S), a Companhia Paulo Ribeiro (Como é que eu vou fazer isto?), a Companhia de Ballet do Norte (3), a Dançando com a Diferença (Doesdicon) e o Ballet National de Marseille (one of four periods in time).

Entre os seus projetos musicais destacam-se Madmud, Idiolecto e dubloc barulin. Em 2018 realizou Um Saco e uma Pedra – peça de dança para ecrã, o seu primeiro filme. Em 2021 iniciou o projeto Papillons d’éternité, com Matthieu Erhlacher.

Em 2022, no âmbito da Temporada Cultural Portugal-França, o Théâtre de la Ville dedica um foco no seu trabalho, apresentando vários espetáculos em Paris.

Prémio Programa Jovens Criadores 2000, com Inicialmente Previsto, foi também galardoada com o Prémio Melhor Coreografia da Sociedade Portuguesa de Autores, com Icosahedron (2012) e onironauta (2021). Em 2019, foi distinguida com o título de Cidadã de Mérito pela Câmara Municipal de Viana do Castelo.

 

Coreografia e direção artística

Tânia Carvalho

Intérpretes

Andriucha, Bruno Senune, Catarina Carvalho, Cláudio Vieira, Filipe Baracho, Luís Guerra, Matthieu Ehrlacher, Nina Botkay, Patricia Keleher, Tânia Carvalho

Desenho de luz e direção técnica

Anatol Waschke

Técnico de som

Juan Mesquita

Música

Tânia Carvalho (tbc)

Figurinos e Cenário

a definir

Direção executiva

Vítor Alves Brotas

Produção executiva e logística

João Guimarães

Comunicação e assessoria de imprensa

Sara Huberty Ramos

Agenciamento internacional

Colette de Turville

Produção

Agência 25

Coprodução

La Briqueterie / Biennale du Val-de-Marne (France), Culturgest (Portugal), Théâtre Jacques Carat Cachan (France), Teatro Municipal do Porto / Festival DDD (Portugal), Julidans Festival (Netherlands), Theatro Circo (Portugal), Estúdio 25 (Portugal).

Partilhar Facebook / Twitter