Botânica Colonial/Decolonial

Botânica Colonial/Decolonial

Para uma outra História Natural

Botânica Colonial/Decolonial

Para uma outra História Natural

Como marcou a história colonial a nossa relação com a natureza? Num programa de dois fins de tarde convocamos várias disciplinas do saber para abrir os arquivos fotográficos da história contemporânea portuguesa, procurando vê-los como documentos que, simultaneamente, revelam traços de múltiplas ecologias, e são a expressão da forma como a história colonial marcou a natureza.
Vibrar No Mundo vai-nos trazer a reflexão da filósofa e jornalista Séverine Kodjo-Grandvaux sobre a exigência contemporânea de  habitarmos o mundo de uma forma reintegrada, contrariando o movimento imposto pelo colonialismo, que nos separou de todas as coisas vivas. Em Botânica Colonial, Botânica Decolonial abrimos o diálogo sobre as perspetivas epistemológicas do passado científico colonial cruzando-as com formas contemporâneas de pensar.

Conferência X
Vibrar no Mundo
Séverine Kodjo-Grandvaux
8 MAR
TER 18:30

Mesa Redonda X
Botânica Colonial, Botânica Decolonial
Helena Elias, Teresa Mendes Flores, Margarida
Medeiros, Luís Mendonça de Carvalho
9 MAR
QUA 18:30

© Photo Impulse.

08 MAR 2022
TER 18:30

09 MAR 2022
QUA 18:30

Pequeno Auditório

Entrada gratuita*
Duração 2h

*com levantamento de bilhete 30 min. antes do início da sessão (sujeito à lotação da sala)

Cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia no âmbito do projeto ACT – Art, Climate, Transition

ACT Art Climate Transition

Parceria

ICNOVA-Instituto de Comunicação da Nova

Curadoria
Liliana Coutinho e Margarida de Medeiros

Parceria
Photo Impulse: O impulso fotográfico: medindo as colónias e os corpos colonizados. O arquivo fotográfico e fílmico das missões portuguesas de geografia e antropologia, ICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova. 

Partilhar Facebook / Twitter