Este evento já decorreu.

CURTAS

CURTAS

De Calder ao deepfake

CURTAS

De Calder ao deepfake

© Vera Marmelo. Curtas: sessão 25 JUN.
© Vera Marmelo. Curtas: sessão 25 JUN.
© Vera Marmelo. Curtas: sessão 25 JUN.

Entre 1926 e 1931, o artista Alexander Calder construiu um conjunto de mais de 70 pequenas figuras de circo mecânicas, instrumentos musicais e adereços como redes, bandeiras e tapetes. Estas esculturas cinéticas foram construídas com arame, madeira e outros objetos encontrados e eram operadas manualmente pelo próprio Calder em performances no que ficou conhecido como o Circo de Calder. É este o ponto de partida para um ciclo de cinema composto por 28 curtas-metragens sobre o tema da magia e as suas ramificações e variantes mais ou menos óbvias.

Um ciclo de cinema com circo, truques de magia, luz e sombra, universos e realidade paralelas, viagens no tempo, misticismo, prestidigitação, ilusões criadas pela manipulação de elementos visuais, inclusive um dos primeiros filmes a serem feitos com a tecnologia deepfake de realizadores como Norman McLaren, Chloë Sevigny, Jean-Gabriel Périot, Don Hertzfeldt, Pedro Serrazina ou Nicolas Provost.

PROGRAMA 

25 JUN | 21:30 

Zona 1 | Grab Them (Morgane Dziurla-Petit) | War of the Worlds (Manuel Brito)| Non-contractuel (Paul Heintz) (43')
Zona 2 | Circo (André Ruivo) | Cornstalk (Anastasia Zhakulina) | Ursus (Reinis Pētersons) | Estória do Gato e da Lua (Pedro Serrazina) | Stampede - A Stamped Circus Story (Franz Winzentsen & Tobias Sandberger) (40')
Zona 3 | Le grand cirque Calder 1927 (Jean Painlevé) (43')

2 JUL | 21:30 

Zona 1 | Synchronisation (Rimas Sakalauskas) | The Centrifuge Brain Project (Till Nowak) | Random Principle (Romeo Grünfelder) (40')
Zona 2 | Instead of Abracadabra (Patrik Eklund) | White Echo (Chloë Sevigny) (37')
Zona 3 | A Phantasy (Norman McLaren) | A Chairy Tale (Norman McLaren & Claude Jutra) | Pas de Deux (Norman McLaren) | Spook Sport (Norman McLaren) (37')

9 JUL | 21:30 

Zona 1 | World of Tomorrow (Don Hertzfeldt) | Undo (Jean-Gabriel Périot) | Plano Controle (Juliana Antunes) (43')
Zona 2 | Navigator (Björn Kämmerer) | Papillon d'amour (Nicolas Provost) | Suspension (Nicolas Provost) | Solar Walk (Réka Bucsi) | Do Céu e da Terra (Isabel Aboim Inglez) (52')
Zona 3 | Don't Know What (Thomas Renoldner) | Le cirque de Calder (Carlos Vilardebó) (51')

Le grand cirque Calder 1927 (Jean Painlevé)
World of Tomorrow (Don Hertzfeldt)

25 JUN 2021

2 JUL 2021

9 JUL 2021

Jardim Caixa
Gratuito*
M/12

*sujeito à lotação e mediante levantamento de bilhete no próprio dia a partir das 20:00

Todos os filmes com legendas em português à exceção de War of Worlds (legendas e áudio em inglês)

Sinopses 25 JUN

PROGRAMA CURTAS | 25 JUN | 21:30

Zona 1 | Grab Them (Morgane Dziurla-Petit) | War of the Worlds (Manuel Brito)| Non-contractuel (Paul Heintz) (43')
 

Grab Them (Morgane Dziurla-Petit, 2020, Ficção)

Sally, de 60 anos, anseia por felicidade e amor. Recentemente, a sua busca tem sido complicada pelo facto de ela se parecer com o ex-Presidente americano Donald Trump.

War of The Worlds (Manuel Brito, 2018, Animação)

Adaptação para cinema de animação, da emissão de rádio do Mercury Theatre de Orson Welles (1938) do grande clássico de ficção científica “War of The Worlds “ de Herbert George Welles.

Non-contractuel (Paul Heintz, 2015, Documentário)

Em França existem empresas virtuais para os desempregados, em Non-contractuel vemos os trabalhadores da Autodis onde não se vendem carros, onde tudo é simulação.

 

Zona 2 | Circo (André Ruivo) | Cornstalk (Anastasia Zhakulina) | Ursus (Reinis Pētersons) | Estória do Gato e da Lua (Pedro Serrazina) | Stampede - A Stamped Circus Story (Franz Winzentsen & Tobias Sandberger) (40')


Circo (André Ruivo, 2017, Animação)

Com um tom irónico e non sense e recorrendo a curtos gags humorísticos este filme procura evidenciar clichés e o lado mais insólito da ideia de circo.

Cornstalk (Anastasia Zhakulina, 2020, Animação)

Era uma vez uma princesa que tinha uma vida muito difícil porque era gigante. O rei organizou um baile na esperança de casar a sua filha e todos os pretendentes fugiram horrorizados. Mas o desespero e uma oportunidade levaram a princesa a encontrar a sua felicidade.

Ursus (Reinis Pētersons, 2011, Animação)

Um urso-homem, nem urso, nem homem, à procura da sua verdadeira identidade, entre o circo e a selva. Um filme melancólico sobre a inadaptação. Uma animação desenhada a carvão sobre a procura da felicidade e a necessidade de haver alguém que nos compreenda.

Estória do Gato e da Lua (Pedro Serrazina, 1995, Animação)

Um poema. Uma estória feita de silêncio e de cumplicidade. Luz e sombra, o apelo da noite, a lua como paixão... Esta é a estória de quem tentou tornar o sonho realidade, a estória do gato e da lua.

Stampede - A Stamped Circus Story (Franz Winzentsen & Tobias Sandberger, 2016, Animação)

O grande animador húngaro Franz Winzentsen co-realiza, com Tobias Sandberger, uma inventiva animação com carimbos, que é uma história de circo e um jogo de palavras.

 

Zona 3 | Le grand cirque Calder 1927 (Jean Painlevé) (43')

Le grand cirque Calder 1927 (Jean Painlevé, 1955, Documentário)

Registo de uma performance do Cirque Calder, um famoso circo em miniatura criado por Alexander Calder na Paris dos anos 1920. Os seus amigos, entre eles muitos ícones da arte do século XX, sentaram-se em caixotes, enquanto Calder, no chão, manipulava os seus personagens para voar pelo ar.

Sinopses 2 JUL

PROGRAMA CURTAS | 2 JUL | 21:30

 

Zona 1 | Synchronisation (Rimas Sakalauskas) | The Centrifuge Brain Project (Till Nowak) | Random Principle (Romeo Grünfelder) (40')

Synchronisation (Rimas Sakalauskas, 2009, Experimental)

Como no sonho de uma criança, os edifícios da era soviética começam a ter vida própria numa realidade alternativa. Synchronisation foi feito a partir de associações livres e pequenas impossibilidades. O andamento lento e a banda sonora espacial conferem ao filme uma atmosfera atraente e uma lógica própria.

The Centrifuge Brain Project (Till Nowak, 2011, Ficção)

Uma visão sobre experiências científicas em parques de diversão. O fundador do projeto, Dr. Laslowicz, está convencido que ao fazer máquinas mais potentes irá aproximar-nos da solução para todos os nossos problemas. Um erro óbvio. Ou apenas tipicamente humano?

Random Principle (Romeo Grünfelder, 2011, Ficção)

O Dr. Johannes Hagel, psicofísico alemão, prepara-se para enunciar o princípio da contingência através da sua experiência com um comboio de modelismo ligado a um computador. Para quem acredita em coincidências e para quem não acredita em coincidências.

 

Zona 2 | Instead of Abracadabra (Patrik Eklund) | White Echo (Chloë Sevigny) (37')
 

Instead of Abracadabra (Patrik Eklund, 2008, Ficção)

Tomas é um pouco crescido demais para continuar a viver em casa dos pais, mas o sonho de se tornar mágico não lhe deixa outra opção. O pai só quer que ele cresça e arranje um emprego decente. Na festa de anos do pai, Tomas oferece aos pais, aos convidados e à bela nova vizinha Monica um bizarro espectáculo de magia.

White Echo (Chloë Sevigny, 2019, Ficção)

A história de uma jovem, Carla, e sua relação com o seu poder interior. À medida que Carla consegue que os seus amigos participem num jogo de Ouija, exploramos a dinâmica de grupo: poder de persuasão, crença e frenesim.

 

Zona 3 | A Phantasy (Norman McLaren) | A Chairy Tale (Norman McLaren & Claude Jutra) | Pas de Deux (Norman McLaren) | Spook Sport (Norman McLaren) (37')

A Phantasy (Norman McLaren, 1952, Animação)

Animação de recortes de Norman McLaren e música para saxofones e som sintético de Maurice Blackburn. Numa paisagem onírica, desenhada em pastel, objectos inanimados ganham vida para se divertir em danças graves e rituais lúdicos.

A Chairy Tale (Norman McLaren & Claude Jutra, 1957, Animação)

Uma cadeira recusa-se a ser sentada, forçando um jovem a fazer uma espécie de dança com a cadeira. O acompanhamento musical é de Ravi Shankar e Chatur Lal. Este filme virtuoso é o resultado de uma colaboração entre Norman McLaren e Claude Jutra.

Pas de Deux (Norman McLaren, 1968, Animação)

Estudo cinematográfico da coreografia do ballet. Um cenário simples e preto com as figuras dos dançarinos Margaret Mercier e Vincent Warren retro-iluminadas criam um efeito hipnótico e onírico.

Spook Sport (Norman McLaren, 1940, Animação)

Uma interpretação expressionista de 'Danse macabre' de Camille Saint-Saëns. Animação tradicional e desenhos a caneta feitos por Norman McLaren directamente em película de 35 mm.

Sinopses 9 JUL

PROGRAMA CURTAS | 9 JUL | 21:30

Zona 1 | World of Tomorrow (Don Hertzfeldt) | Undo (Jean-Gabriel Périot) | Plano Controle (Juliana Antunes) (43')

 

World of Tomorrow (Don Hertzfeldt, 2015, Animação)

Uma menina é levada numa viagem alucinante pelo seu futuro distante. O galardoado cineasta de animação Don Hertzfeldt inventa um futuro de clones, viagens no tempo e paixões.

Undo (Jean-Gabriel Périot, 2005, Documentário)

É possível consertar um mundo em deterioração? Undo sugere tentar outra solução antes de consertar o mundo: não é melhor desfazer? Os ponteiros de um relógio retrocedem e observamos a criação da Terra. Da catástrofe final ao início do mundo, a história da humanidade de trás para a frente.

Plano Controle (Juliana Antunes, 2018, Ficção)

O ano é 2016. Um golpe político da direita derruba a primeira mulher eleita presidente no Brasil. Nesse contexto político distópico, Marcela usa o serviço de teletransporte do seu telemóvel para deixar o país, mas o seu plano de telecomunicações tem dados limitados.

 

Zona 2 | Navigator (Björn Kämmerer) | Papillon d'amour (Nicolas Provost) | Suspension (Nicolas Provost) | Solar Walk (Réka Bucsi) | Do Céu e da Terra (Isabel Aboim Inglez) (52') 



Navigator (Björn Kämmerer, 2015, Experimental)

Normalmente, um dispositivo de navegação ou navegador serve para fornecer orientação em território desconhecido, para estabelecer caminhos no meio do nada por meio de ajudas geométricas. Mas o que acontece quando o espaço e o seu registro, região e mapa, se fundem e começam a entrelaçar-se?

Papillon d'amour (Nicolas Provost, 2003, Experimental)

Fragmentos do filme Rashomon de Kurosowa são submetidos a efeitos visuais brilhantes. É assim que nascem figuras etéreas que se fundem sucessivamente umas nas outras para logo se desvanecerem de novo. Uma meditação pura e metafísica que também se torna uma metáfora da impossibilidade do amor e das suas monstruosidades líricas.

Suspension (Nicolas Provost, 2007, Experimental)

Olhando as formas em incessante mudança – imagens espelhadas que se desenvolvem perante os nossos olhos como testes Rorschach animados a preto e branco – uma pessoa pode ser levada pelas visões que elas induzem ou, inversamente, sentir-se frustrada por não perceber exactamente o que aí está representado. O filme regressa à abstracção.

Solar Walk (Réka Bucsi, 2018, Animação)

Solar Walk mostra a jornada de indivíduos e as suas criações no tempo e no espaço. Qualquer significado de acção só existe da perspectiva do indivíduo, mas nunca é obrigatório quando visto da perspectiva de um sistema solar. É sobre a melancolia de aceitar o caos como belo e cósmico.

Do Céu e da Terra (Isabel Aboim Inglez, 2012, Animação)

Há muito tempo atrás, houve um rapaz que tinha um prado no coração. Chamava-se Ocarino e tinha um sonho: ser Homem-Bala, viver projectado no ar, num sítio tão alto que pudesse tocar as estrelas e ver melhor as coisas que procurava. Num desses voos viu, na noite clara, uma casa muito alta, onde morava Blirina que mal ouvia uma música começava a dançar. Assim que a viu, Ocarino soube que ela seria a solução para acalmar o incêndio que transportava consigo.

 

Zona 3 Don't Know What (Thomas Renoldner) | Le cirque de Calder (Carlos Vilardebó) (51')

Don’t Know What (Thomas Renoldner, 2019, Experimental)

Utilizando o método de edição de um único frame, que se foca principalmente no som, a imagem realista do filme transforma-se num filme surreal, estruturalista e até abstrato, sendo criada uma composição musical enquanto se faz experiências com a voz humana e transforma-se a linguagem em som e música.

Le cirque de Calder (Carlos Vilardebó, 1961, Documentário)

Entre as criações de Alexander Calder estavam miniaturas de circo com molas, feitas de arame. Nesta curta, Calder fala e demonstra essas criações de brincar. Vemo-las girar, pular, rolar e saltar. É pura extravagância, sagacidade e alegria.

Cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia no âmbito do projeto Create to Connect, Create to Impact

Create do Connect

Apoio

Video Data BankCiné Tapis Roug
Partilhar Facebook / Twitter