Las Palmas

Las Palmas

Apofenia

Las Palmas

Apofenia

Curadoria: Bruno Marchand

A exposição de Las Palmas traz algumas novidades ao Reação em Cadeia. Ao contrário do que tem sido habitual neste ciclo, esta não é uma exposição individual, nem Las Palmas é o pseudónimo de um artista. Na verdade, Las Palmas é o nome de um espaço expositivo gerido por artistas, fundado em 2017 por Aires de Gameiro, Hugo Gomes, Nuno Ferreira e Pedro Cabrita Paiva. Como acontece com a maioria dos projetos deste género, Las Palmas não serve exclusivamente para mostrar as obras dos seus fundadores, mas antes para explorar, através de exposições individuais e coletivas, um território – desta feita, um território que se vai construindo à medida que se avança no caminho. Como na psicogeografia situacionista, este território não é necessariamente feito de vizinhanças: é feito de escolhas, de sintonias, do encontro entre singularidades por vezes distantes, mas que se reconhecem e cooptam mutuamente e, nesse espírito, contribuem para o reforço de uma mesma energia.

A energia que tem sido alimentada pelo projeto Las Palmas é tão exótica relativamente aos proverbiais bom-gosto e seriedade da arte portuguesa quanto o seu nome sugere. Aqui a cor não se intimida, assim como não se retrai o impulso para o abjeto, para a ironia, para a pirraça ou para o displicente. Las Palmas é um campo de liberdade e experimentação em curso. Um risco partilhado entre pares, nacionais e internacionais, com rosa-choque em pano de fundo.

Com Aires de Gameiro, Arno Beck, Catherine Telford-Keogh, Eduardo Fonseca e Silva, Francisca Valador, Guillermo Ros, Holly Hendry, Hugo Brazão, Jason Dodge, José Taborda, Lito Kattou, Maria Miguel von Hafe, Nuno Ferreira, Pedro Cabrita Paiva, Primeira Desordem, Rowena Harris, Stefan Klein.

21 MAI
– 5 SET 2021

Culturgest Porto
Entrada gratuita

Visitas limitadas a 10 visitantes em simultâneo
+ info aqui

Parceria

Fidelidade Arte
Partilhar Facebook / Twitter